Créditos: Guerrilla Games

Sony detalha novas habilidades de Aloy em Horizon Forbidden West

Jogo terá foco maior em mecânicas de exploração

Horizon Zero Dawn é um jogo de mundo aberto, e como todo bom jogo de mundo aberto que exige exploração, é sempre interessante ter várias mecânicas diferentes ao seu dispor. Enquanto que Aloy executa movimentos comumente vistos em outros jogos do gênero no primeiro título, a Guerrilla Games quer aumentar o nível em Horizon Forbidden West.

Uma das novidades será a escalada livre. Aloy já escalava antes, mas agora ela poderá ir onde "não foi possível" no primeiro jogo. "O sistema de escalada livre em Horizon Forbidden West é um recurso incrível que deixou a gente muito empolgado", conta David McMullen, Chefe de Design de Sistemas na Guerrilla. O trailer abaixo, apresentado em junho, mostra algumas das novas habilidades.

"Com ele podemos deixar vastas áreas do terreno escaláveis (onde fizer sentido visual e narrativamente) de uma forma que não foi possível em Horizon Zero Dawn. Superfícies rochosas nessas áreas são escaláveis livremente sem o uso de trilhas tribais", continua McMullen. 

Aliado a escalada livre, a protagonista também poderá lançar um gancho para se pendurar e permitir uma rápida travessia entre os locais.  "Ao usar o gancho, é possível ativar o lançamento e Aloy será atirada ao ar, onde poderá agarrar uma beirada mais alta, disparar o arco, planar, atacar do alto ou até atirar o gancho em outro suporte", comenta o chefe de design.

- Continua após a publicidade -

O gancho terá também a função de puxar e mover coisas como por exemplo, "puxar um baú de saque escondido numa beirada ou abrir um duto de ventilação para criar uma nova rota de subida". Aloy agora terá um planador à sua disposição em Horizon Forbidden West. Com ele, você poderá, bem, planar.

David McMullen diz que ao usar o planador, Aloy não terá "só a forma mais divertida de voltar de uma escalada épica, mas também a mais bonita". Junto com a escalada livre e o ganho, essa ferramenta adiciona muita verticalidade ao jogo, algo que não era possível no primeiro título.

O Chefe de Design de Combate do jogo, Dennis Zopfi, conta que a desenvolvedora melhorou mais ainda as mecânicas de combates, permitindo mais liberdade nas abordagens e no estilo de luta que o jogo quiser ter. "Um dos pontos centrais que influenciaram todas as nossas decisões de combate foi a maior liberdade do jogador", comenta Dennis.

- Continua após a publicidade -

Dessa vez, Aloy poderá usar uma bancada para melhorar e reforçar suas armas e trajes para "desbloquear novas vantagens, espaços de modificação, habilidades", garantindo mais personalização para deixar tudo do jeito que o jogador achar melhor. Ainda sobre o combate, a Guerrilla diz que eles serão mais dinâmicos alterando entre distância e combate próximo com mais armas.

Aloy terá que enfrentar humanos montados em máquinas no novo jogo. "O jogador vai precisar se adaptar e decidir quem derrotar primeiro e qual a forma mais eficaz. Inimigos humanos têm armas, ataques e habilidades diferente das máquinas, então os dois se complementam, aumentando o perigo”, conta Dennis Zopfi.

A continuação da aventura de Aloy em Horizon Forbidden West vai acontecer a partir do dia 18 de fevereiro de 2022 com versões para PlayStation 4 e PlayStation 5.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: PlayStation Blog
  • Redator: Raphael Giannotti

    Raphael Giannotti

    Entusiasta de JRPG, viveu a era de ouro do gênero nos anos 90. Fã incondicional de Zelda e Final Fantasy, hoje garimpa as bibliotecas de PC em busca de jogos épicos como esses. Enquanto não acha, zera tudo (ou quase) o que vê pela frente. Hobby atual: jogar o máximo de souls-like e metroidvania. Jornalista formado pela UFMA, gamer desde 1991.

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.