Créditos: Delkin

Tecnologia de encriptar memória da AMD está causando tela preta em sistemas Linux

Solução afeta família de processadores AMD Raven Ridge

Foi descoberto que o recurso de encriptação de memória (SME na sigla em inglês), que estava habilitado por padrão no Linux, está causando problemas e, como tal, o recurso será desabilitado por padrão a partir de agora. O problema foi descoberto em 5 de outubro pelo engenheiro Paul Menzel, da comunidade de desenvolvedores do sistema.

O recurso SME está aparentemente causando falhas de inicialização em alguns sistemas com processadores da família AMD Raven Ridge. O problema foi detectado em um sistema Ryzen 3 2200G que foi instalado com uma placa-mãe MSI B350M MORTAR. Em outros computadores com processadores AMD Ryzen, com SME habilitado, apresentaram problemas de tela preta. Portanto, o problema pode estar presente em outras famílias de processadores baseados na arquitetura Zen também.

Desde a introdução do suporte AMD SME ao kernel Linux foi feita, a tecnologia foi ativada por padrão. Esse padrão permitiu que a criptografia de memória segura fosse usada de forma simples e transparente, sem a necessidade de especificar parâmetros de kernel extras ou outra configuração adicional. Infelizmente, isso levou a falhas de inicialização em algumas plataformas, especialmente em torno do IOMMU, sigla em inglês para sistema de gerenciamento de memória para entrada e saída, muito utilizados em sistemas de máquinas virtuais para acesso e endereçamento de dados diretamente na memória física, juntamente com outras dores de cabeça para os usuários, como alguns problemas de driver de placas de vídeo, por não esperar que a memória seja criptografada, gerando uma incompatibilidade.

- Continua após a publicidade -

Secure Memory Encryption

Para quem não está familiarizado, a tecnologia de encriptação de memória é um recurso que criptografa a memória RAM do sistema usando uma chave, que em processadores AMD é gerada pelo Secure Processor no momento do boot, e quando habilitada na BIOS faz com que a memória seja encriptada, independente do sistema operacional utilizado. E funciona de forma bastante similar em processadores Intel.

Windows 11 deixou CPUs AMD até 15% mais lentas; patch de correção chega esse mês

Windows 11 deixou CPUs AMD até 15% mais lentas; patch de correção chega esse mês
Problemas afetam especialmente apps que dependem de latência de cache e performance single core

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Neowin, AMD
Tags
  • Redator: Mateus Lecchi

    Mateus Lecchi

    Um jogador de carteirinha, consumidor de séries, conteúdo sobre hardware, consoles, smartphones e mais! Engenheiro Civil que se tornou desenvolvedor PHP. Do interior do Espírito Santo, sempre jogando, desenvolvendo. ;)

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.