Créditos: Divulgação T-Head

Alibaba está desenvolvendo SoC próprio de 128 núcleos ARM para servidores

CPU é baseada na arquitetura Armv9 fabricado em um processo de 5 nm
Por Willian Ferreira 20/10/2021 14:53 | atualizado 20/10/2021 15:45 Comentários Reportar erro

A Alibaba é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo e possui diversos data centers e servidores para grande maioria dos seus serviços, o que torna ela bastante dependente de processadores x86 e outras tecnologias de empresas terceiras. Mas o grupo chinês está seguindo a tendência de alguns concorrentes e procurando uma maior independência, desenvolvendo os seus próprios SoCs baseados na arquitetura ARM para servidores.

O novo chipset da empresa está sendo produzido pela T-Head, fabricante de semicondutores que a Alibaba é a única dona, e é chamado de Yitian 710 (Etian 710) e será o primeiro da indústria a ser baseado em Armv9 com um total de 128 núcleos, fabricando em um nó de 5 nm e operando em uma frequência de até 3,20 GHz. A fabricante promete que seu novo chip terá uma largura de banda teórica bidirecional total de 768 GB/s, possui oito canais de memória DDR5 e 96 pistas PCIe 5.0.

Em questão de desempenho o grupo Alibaba acredita que seu novo SoC Yitian 710 é capaz de brigar de frente com os principais concorrentes, alcançando uma pontuação de 440 pontos no SPECint 2017, que é um desempenho semelhante ao de um servidor de dois soquetes alimentados pelo Intel Xeon Platinum 8362. O novo modelo também deve ser um dos SoCs mais complexos feitos atualmente, possuindo um total de um total de 60 bilhões de transistores, superando, por exemplo, o NVIDIA A100, que possui 54 bilhões de transistores.


Créditos: Divulgação T-Head

A T-Head apresentou o novo chipset que será equipado nos servidores da gigante chinesa ontem, dia 19 de outubro, mas isso não deve impactar tanto nas concorrentes. Isso porque o Jeff Zhang, presidente da Alibaba Cloud Intelligence e chefe do braço de pesquisa da Alibaba Damo Academy, afirmou em uma entrevista ao times que a empresa pretende “usar os chips para apoiar negócios atuais e futuros em todo o ecossistema do Grupo Alibaba", indicando que a novidade será usada exclusivamente para os sistemas da empresa.

- Continua após a publicidade -

Esse é o terceiro chip fabricado pela T-Head desde a sua fundação em 2018 e vem para ser o SoC mais avançado já produzido na China, mas algumas informações não são confirmadas pela empresa. A fabricante não informa como é o núcleo Armv9 personalizado dele e nem quem é a fundição responsável pela produção do nó de 5 nm.

De qualquer forma, a Alibaba está se juntando a gigantes como a Google e AWS (Amazon Web Services) no desenvolvimento de SoCs proprietários, procurando com isso diminuir não apenas os custos dos seus data centers e servidores, mas também a dependência de empresas como AMD e Intel. Essa independência é algo bastante importante que essas e diversas outras empresas estão procurando, principalmente por causa dos problemas causados pela escassez mundial de chips.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Mundo Conectado, T-Head
  • Redator: Willian Ferreira

    Willian Ferreira

    Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.