Créditos: Reprodução/Felipe Freitas

FIFA e EA Sports romperam a parceria? Tudo indica que sim

Entidade máxima do futebol diz que desenvolvimento de eSports precisa de mais de uma empresa

FIFA publicou recentemente um comunicado sobre os planos de expandir seu portfólio em jogos e esportes eletrônicos. O texto, que poderia ser intitulado "EA Sports, não quer? Tem quem queira!", dá a entender que a entidade máxima do futebol e a divisão de esportes Electronic Arts finalmente terminaram seu casamento de 28 anos. 

Noticiamos no último dia 11 que a EA Sports, após anunciar que revisaria seu contrato com a FIFA, entrou com pedido de registro no Reino Unido e na União Europeia a marca EA Sports FC. Este muito provavelmente será o nome da futura série de futebol da EA

FIFA pediu 1 bilhão de dólares a cada 4 anos pelo uso da sua marca nos futuros jogos da franquia da EA Sports. O valor é o dobro do que a desenvolvedor paga atualmente. O fim do contrato entre as duas empresas se dará após a Copa do Mundo de 2022, realizada no Qatar.

No comunicado publicado em seu site, a FIFA diz que "empresas" estão competindo para se associar a sua marca. Não que a moral da empresa seja tão grande assim, visto as diversas "polêmicas" na qual a Federação se envolveu nos últimos anos e outras que ainda estão por vir com a próxima Copa do Mundo.

- Continua após a publicidade -

Comunicado da Fifa

"A FIFA adotará um novo posicionamento comercial em jogos e eSports para garantir que está no melhor lugar para tomar decisões que beneficiem todos os stakeholders (grupo de interesse impactado pelos projetos de uma instituição) do futebol.

A FIFA está otimista e empolgada com o futuro em jogos e eSports para o futebol, além de ser claro que este precisa ser um espaço ocupado por mais de uma instituição que controle todos os direitos.

Empresas de tecnologia e produtos mobile agora estão ativamente competindo para se associar à FIFA, suas plataformas e torneios mundiais.

Consequentemente, a FIFA está em contato com diversos integrantes da indústria, incluindo desenvolvedores, investidores e analistas, para construir um plano a longo prazo nos setores de jogos, eSports e entretenimento.

- Continua após a publicidade -

O resultado garantirá que a FIFA tem uma grande possibilidade de parcerias com especialistas capazes de formar as melhores experiências aos fãs e consumidores.

Jogos e eSports são mídias que mais crescem no planeta, com novos e diversos tipos de jogos lançados continuamente. Então é importante para a FIFA e seus stakeholders maximizar todas as futuras oportundiades para os fãs de jogos e futebol.

A FIFA também tem o dever de apoiar seus 2011 membros associados em capitalizar com as oportunidades inerentes que surgiram nos anos recentes. Como parte dessa estratégia, a FIFA também se compromete em organizar torneios de eSports sob a sua marca FIFAe (www.fifa.gg).

O relacionamento e afinidade que o mercado de jogos e eSports desenvolveram ao longo do tempo com o nome FIFA claramente destaca que os jogos de futebol e o nome FIFA são intrinsicamente ligados.

Por fim, a FIFA também está determinou que a distância entre o esporte virtual e as competições de futebol sejam mais alinhadas. A respeito disso, a FIFA está empolgada em usar a Copa do Mundo (4 bilhões de espectadores) e a Copa do Mundo Feminina (1,2 bilhão de audiência) como plataforma para lançar e integrar novos jogos e produtos de eSports."

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Eastern Mirror Fonte: FIFA
Tags
  • Redator: Felipe Freitas

    Felipe Freitas

    Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia, adora jogos com histórias bem feitas e de esportes (já que é ruim praticando).

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.