Créditos: AMD

AMD comemora 5 anos da linha Ryzen confirmando DDR5 em processadores Zen 4

PCI Express 5.0 deve chegar só no final de 2022

Em entrevista sobre os 5 anos do anúncio dos CPUs RyzenDiretor de Marketing Técnico da AMD, Robert Hallcock, confirmou que a série Ryzen 7000, socket AM5, irá trazer suporte às novas memórias DDR5-4800, mas PCI Express só deve na próxima geração.

A AMD comemora hoje (12) 5 anos dos primeiros anúncios sobre os processadores AMD Ryzen 1000, com microarquitetura Zen que revolucionaram o mercado de CPUs domésticas, oferecendo o primeiro processador doméstico com 8 núcleos e 16 threads e levando a Intel a finalmente quebrar a barreira dos quadcore nos segmentos de entrada e intermediário

Os primeiros processadores domésticos da série Ryzen 1000 só começaram a chegar ao mercado em 2017, trazendo os segmentos Ryzen 3, de entrada, Ryzen 5 intermediário e Ryzen 7, topo de linha, e pela primeira vez os desktops domésticos com CPUs de entrada tiveram acesso a CPUs com 4 núcleos e 4 threads, enquanto os seguintes já apresentavam configurações respectivamente de 6C/12T e 8C/16T, forçando a Intel, a passar a oferecer contagem maior de núcleos e threads em seus processadores domésticos.

Créditos: Google Finance

- Continua após a publicidade -

A chega da série Ryzen representou um boom nas ações da empresa que dispararam de 2017 para cá, mas também voltaram a movimentar os departamentos de P&D da concorrência, já que finalmente a AMD apresentava um produto que trazia mais do que apenas preços competitivos, mas desempenho suficiente para desbancar a maior parte do lineup da Intel.

Apenas 3 anos após seu lançamento, a série Ryzen da AMD já ocupava uma posição de mercado bem mais confortável, dominando os segmentos mainstream e entusiastas, e movimentando inclusive os segmentos de CPUs para laptop e de computação de alta performance. Com a chegada dos modelos Ryzen 4000 para laptops, a AMD quase que imediatamente dominou o mercado de laptops com processadores não apenas mais rápidos, mas principalmente mais eficientes termicamente.

Créditos: AMD

Mesmo os modelos mais novos de processadores móveis da Intel sofrem com thermal throttle, principalmente pelo sistema de boost, que ao oferecer ganhos de desempenho em tarefas intensas, também causam stutterings já que esses sistemas muitas vezes ignoram o projeto térmico limitado dos laptops. Enquanto isso, os Ryzen 4000 e Ryzen 5000 móveis, além de mais poderosos e com contagem maior de núcleos, conseguem entregar frequências mais estáveis garantindo que temperatura de operação fique um pouco mais distante do limite de 100 ºC, algo que não acontece com a maioria dos CPUs móveis da concorrência.

- Continua após a publicidade -

A competição extremamente intensa que a AMD vem apresentando desde 2016 tem sido fator crucial no desenvolvimento de novas tecnologias, e apenas agora em 2022 a Intel parece segura de um produto a ponto de afirmar publicamente que está pronta para retomar a liderança do mercado com os processadores Alder Lake-S de 12a geração.

AMD CPU Family Codename Processor Process Processors Cores/Threads (Max) TDPs Platform Platform Chipset Memory Support PCIe Support Launch
Ryzen 1000 Summit Ridge 14nm (Zen 1) 8/16 95W AM4 300-Series DDR4-2677 Gen 3.0 2017
Ryzen 2000 Pinnacle Ridge 12nm (Zen +) 8/16 105W AM4 400-Series DDR4-2933 Gen 3.0 2018
Ryzen 3000 Matisse 7nm (Zen 2) 16/32 105W AM4 500-Series DDR4-3200 Gen 4.0 2019
Ryzen 5000 Vermeer 7nm (Zen 3) 16/32 105W AM4 500-Series DDR4-3200 Gen 4.0 2020
Ryzen 6000 Warhol? 7nm (Zen 3D) 16/32 105W AM4 500-Series DDR4-3200 Gen 4.0 2021
Ryzen 7000 Raphael 5nm (Zen 4) 16/32? 105-170W AM5 600-Series DDR5-4800 Gen 4.0 2021
Ryzen 8000 Granite Ridge 3nm (Zen 5)? TBA TBA AM5 700-Series? DDR5-5000? Gen 5.0? 2023

A série Ryzen 6000 será o segundo refresh de microarquitetura da família Zen. Enquanto o Zen+ de 2018 trouxe poucas melhorias e uma redução na litografia dos processadores de 14nm para 12nm, a Zen 3D apresenta apenas algumas otimizações nos processos de fabricação em 7nm e um ganho estimado em 15% em jogos.

Já a série Ryzen 7000, que também está prevista para 2021, apresenta mudanças bem mais significativas com o novo socket AM5 e nódulos em 5nm. Em entrevista sobre os 5 anos do anúncio das CPUs Ryzen, o Diretor de Marketing Técnico da AMD, Robert Hallcock, confirmou que processadores Ryzen 7000 irão ter suporte às novas memórias DDR5-4800. Isto representa a primeira mudança de socket dos processadores Ryzen desde seu lançamento, mas apenas em 2023 deve introduzir o suporte ao barramento PCI Express 5.0.

Isso deve dar à Intel ao menos um ano de vantagem em oferta de novas tecnologias, mas é certo que a concorrência apresentada pela AMD desde 2017 é o principal combustível para todos os saltos de tecnologias recentes do mercado de processadores.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Wccftech
  • Redator: Daniel Trefilio

    Daniel Trefilio

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes. twitch.tv/DanielTPC

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.