Créditos: Apple/Divulgação

Linux agora funciona em computador Apple com chip M1, mas ainda não está perfeito

Sistema ainda não consegue usar aceleração por GPU

De acordo com o último relatório de progresso do Asahi Linux, um sistema baseado em Linux que está sendo desenvolvido para rodar nativamente em sistemas Mac equipados com chips da Apple, o sistema operacional já é usável de uma forma bem básica em PCs equipados com um SoC M1, mas ele não consegue usar aceleração via GPU.

De acordo com os desenvolvedores o Asahi Linux, o sistema já consegue ser rodado em um Mac com processador M1 da Apple, mas um dos maiores problemas dessa implementação é que o SO não consegue usar aceleração por GPU. Apesar disso, os desenvolvedores já adaptaram vários drivers para que o processador possa se comunicar com o sistema e de fato fazer alguma coisa com o hardware, como os drivers de controle de vídeo, gerenciamento de energia e conexões PCIe e USB-C. 

Esses drivers já funcionais são suficientes para fora um sistema simples que pode executar as funções mais básicas, mas mesmo sem a possibilidade de aceleração por GPU, o chip M1 é relativamente competente em dar conta do recado com renderização via software.

"Com esses drivers, os Macs M1 podem ser usados como máquinas em Linux. Embora ainda não exista aceleração por GPU, as CPUs do M1 são tão poderosas que renderizar um desktop via software é mais rápido neles que em, por exemplo, máquinas Rockship ARM4 com aceleração de hardware."
- Hector Martin, líder do projeto Asahi Linux

"Com esses drivers, os Macs M1 podem ser usados como máquinas em Linux. Embora ainda não exista aceleração por GPU, as CPUs do M1 são tão poderosas que renderizar um desktop via software é mais rápido neles que em, por exemplo, máquinas Rockship ARM4 com aceleração de hardware."
- Hector Martin, líder do projeto Asahi Linux

Inspirada na Apple, Google estaria desenvolvendo seu próprio chip ARM para Chromebooks

Inspirada na Apple, Google estaria desenvolvendo seu próprio chip ARM para Chromebooks
De acordo com as fontes ouvidas, processadores com arquitetura Google podem ser revelados a partir de 2023

- Continua após a publicidade -

De qualquer forma, ainda é impressionante que conseguiram fazer um sistema Linux funcionar num Mac M1. O maior problema com o driver de GPU se dá pelo fato de que ele é proprietário da Apple, e os desenvolvedores teriam que criar uma réplica para que a comunicação entre o hardware e o sistema seja feita. 

Mas então, onde você pode baixar esse sistema para ver como ele atua em um Mac afinal? Infelizmente, por enquanto ele só está disponível para os desenvolvedores, mas eles já estão trabalhando para lançar uma ferramenta de instalação para o público. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Tom's Hardware Fonte: Asahi Linux
Assuntos
  • Redator: Diego Amorim

    Diego Amorim

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.