Créditos: Twitch

Código-fonte e dados de pagamento da Twitch são hackeados e vazam na internet

Vazamento inclui receitas milionários de streamers grandes como Gaules e alanzoka

Um hacker anônimo acessou todos os dados da Twitch, plataforma de streaming da Amazon, e publicou hoje (06) no site 4chan um link de torrent de 125GB com esse conteúdo. Os dados vão desde relatórios de pagamento de streamers a dados de cartões, senhas encriptadas, IPs das quais a Twitch é dona e até de uma plataforma de distribuição digital de jogos da Amazon Game Studios que viria para competir com a Steam.

O site VideoGamesChronicle afirmou não ter baixado o torrent com os dados mas verificou ser um vazamento real. Uma fonte anônima confirmou ao VGC que esses dados são legítimos e a plataforma de streaming da Amazon está ciente do vazamento que ocorreu na ultima segunda-feira (04) ao que tudo indica. 

Créditos: VideoGamesChronicle

- Continua após a publicidade -

O vazamento inclui: 

  • Dados dos "primórdios" da plataforma com históricos de comentários e todo o código-fonte; 
  • Relatórios de pagamento de criadores de conteúdo de 2019; 
  • Código dos clientes da Twitch para mobile, desktop e console;
  • SDKs proprietários e serviços internos da AWS usados ??pela Twitch;
  • “Todas as outras propriedades que Twitch possui” incluindo IGDB e CurseForge
  • Um concorrente não lançado da Steam, de codinome Vapor, da Amazon Game Studios
  • Ferramentas internas de “equipe vermelha” Twitch (projetadas para melhorar a segurança fazendo com que a equipe finja ser hackers)

Com o vazamento completo do código-fonte, a brecha de segurança inclui mas não se limita às senhas encriptadas e dados de pagamento, sendo assim é fortemente recomendado que os usuários troquem suas senhas e quem utiliza a plataforma ativamente e ainda não ativou a verificação em duas etapas o faça o quanto antes. O código em Unity codinome Vapeworld aponta para uma loja digital de jogos da Amazon, não lançada até o momento, que seria integrada à Twitch e com a proposta de ser uma competidora direta da Steam.

Entre os documentos vazados, estavam os relatórios de pagamentos de todos os streamers da plataforma de agosto de 2019 até outubro de 2021, explicitando as receitas milionárias de perfis como de Gaules e alanzoka!

- Continua após a publicidade -

O leaker responsável por liberar o todos esses dados ainda afirmou que este é só o primeiro dos vazamentos, já que a intenção é fomentar uma maior competitividade entre as plataformas de streaming, já que considera a comunidade da Twitch extremamente tóxica de maneira geral.

Essa toxicidade já foi alvo de críticas e de boicote no início de setembro, com Streamers tentando promover um "apagão" na plataforma e levantando as hashtags #ADayOffTwitch e #TwitchDoBetter, cobrando um posicionamento incisivo da Twitch sobre os raids de ódio que streamers, principalmente mulheres, recebem constantemente, além do uso recorrente de ataques DDoS que afetam inclusive streamers pequenos, e não apenas os milionários.

A Twitch já havia comentado em agosto que estava de olho na questão dos bots, mas um dos dados vazados foi justamente o set interno de ferramentas para melhorias de segurança. Apesar de não haver informação sobre quais as medidas que a Twitch pretende tomar frente ao vazamento, o ideal é que criadores de conteúdo e usuários  reforcem suas medidas pessoais de segurança além de ferramentas de moderação avançadas em seus canais.

 

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: VideoGames Chronicles
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio

    Daniel Trefilio

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes. twitch.tv/DanielTPC

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.