Créditos: PC Gamer

Escassez de chips vai até o final de 2022, diz Lisa Su, CEO da AMD

Ela acredita que a situação deve melhorar com novas fábricas sendo construídas

Estudos sobre a indústria de semicondutores e a atual escassez na produção neste segmento apontam para diferentes prazos de normalização. Para Lisa Su, CEO e presidente da AMD, a situação não deve mudar muito antes da metade de 2022 e começar a melhorar no segundo semestre do ano que vem.

"Passamos por ciclos de altos e baixo, onde a demanda excedeu o fornecimento, ou vice e versa. Dessa vez, é diferente", disse Lisa Su na Code Conference que está acontecendo na California. O evento traz debates sobre o impacto da tecnologia digital em nossas vidas e negócios.

A CEO da AMD acredita que a segunda metade de 2022, no que diz respeito a indústria de semicondutores, será menos severa. Porém a situação durante o primeiro semestre do ano que vem ainda deve ser "apertada". Lisa Su acredita que as construções de novas fábricas devem ajudar a mudar a realidade atual.

"Deve levar de 18 a 24 meses para levantar uma nova fábrica e, em alguns casos, mais do que isso. Esses investimento começaram, talvez, um ano atrás", comenta Su. Assim como já é de conhecimento de todos que acompanham a situação, a CEO da AMD também acredita que a pandemia aumentou a demanda por eletrônicos, levando a uma relação insustentável entre demanda dos usuários e fornecimento da indústria.

- Continua após a publicidade -

Lisa Su disse que apoia a Associação da Indústria de Semicondutores (SIA em inglês) nos EUA e o plano "Chips for America", que incentiva a pesquisa e desenvolvimento deste segmento no país. O senado americano, inclusive, já reconheceu o projeto e deve destinar US$ 52 bilhões em investimentos do governo federal para esta indústria nos EUA.

A AMD não fabrica seus próprios chips, sendo necessário terceirizar esta importante etapa na criação de novas tecnologias. Já a Intel segue com seu plano de se tornar independente na fabricação de seus chips, além de prestar esse serviço para outras empresas e acaba de anunciar a construção de mais duas fábricas.

Uma negociação para a aquisição da americana Xilinx por US$ 35 bilhões está em andamento desde o ano passado, mas Lisa Su espera que o negócio seja fechado no fim deste ano. Com isso, a AMD passaria a fabricar seus componentes.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: CNBC, Tom's Hardware
Assuntos
Tags
  • Redator: Raphael Giannotti

    Raphael Giannotti

    Entusiasta de JRPG, viveu a era de ouro do gênero nos anos 90. Fã incondicional de Zelda e Final Fantasy, hoje garimpa as bibliotecas de PC em busca de jogos épicos como esses. Enquanto não acha, zera tudo (ou quase) o que vê pela frente. Hobby atual: jogar o máximo de souls-like e metroidvania. Jornalista formado pela UFMA, gamer desde 1991.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.