Activision cancela série Guitar Hero

A Activision Blizzard vai fechar a sua divisão de jogos musicais e com isso cancelar o jogo Guitar Hero, que jÁ tinha uma nova edição em desenvolvimento para 2011. A medida, anunciada ontem pela companhia, veio em resposta a significantes quedas nos números da indústria de jogos musicais.

Em 2007, a Activision vendeu 1,5 milhões de cópias de Guitar Hero III no seu primeiro mês de vendas. No ano passado, foram vendidas apenas 86 mil cópias de Guitar Hero: Warriors of Rock, último jogo da série. A redução nas vendas do jogo Rock Band também levou a concorrente Viacom, proprietÁria da franquia, a vender a Harmonix e fechar a MTV Games.

A Activision disse que o declínio do gênero, somado ao alto custo do licenciamento das músicas e da produção dos jogos levou ao cancelamento da série.

"Não havia nada que a Activision ou qualquer um pudesse fazer para salvar Guitar Hero," disse Jesse Divnich, vice presidente da Electronic Entertainment Design and Research, em entrevista à revista Wired. Divinich ainda disse que os jogadores casuais, que formavam a maior parte da audiência nos jogos de guitarra, mudaram seu foco.

- Continua após a publicidade -

A empresa também anunciou o cancelamento de True Crime: Hong Kong, outro jogo que estava em desenvolvimento.

Assuntos
Tags
  • Redator: Alexandre Lunelli

    Alexandre Lunelli

    Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alexandre é um entusiasta da fotografia, música, e demais áreas que não cansem muito. Fã da comunidade opensource, e sonha com um mundo mais bonito, igualitário e sem o trabalho, mal que corrompe a humanidade.

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.