Créditos: Reprodução/Windowsfx

Windowsfx: conheça o Windows 11 brasileiro baseado em Linux

Sistema operacional é voltado para quem quer aprender a utilizar o Linux de maneira mais intuitiva

Enquanto algumas pessoas ainda discutem na briga Windows x Linux, o brasileiro Rafael Rachid está há 14 anos com o seu Windowsfx, um "Windows" baseado no Linuxfx. Mas diferente de outra mistura brasileira chamada Chevectra, em que a proposta é voltada para entusiastas, o Windowsfx visa diminuir o tempo da curva de aprendizado do Linux através da user interface do Windows. Uma bela sacada.

A proposta do Windowsfx (meu lado matemática chama sem querer de "Windows função de X") coincide com um dos significado do sobrenome árabe Rachid: o guia. Assim, indiretamente (ou não), Rafael guia — literalmente — um milhão de usuários no mundo a usar o Linux através do seu sistema operacional com uma interface mais conhecida.

Para saber mais sobre o Windowsfx, entrei em contato com Rachid. "O Windowsfx surgiu de uma ideia de tampar uma lacuna que a Microsoft deixou com a morte do Windows 7. Ela enterrou o W7 e enterrou um monte de computador junto com ele. [...] Desenvolvemos o Windowsfx 10 para colocar um sistema operacional disponível no mercado que as pessoas conseguissem trabalhar. [...] A minha ideia foi pegar o Linuxfx transformar ele em uma aparência do Windows", conta o criador. Mais do que deixar a aparência de Windows, Rachid também portou funcionalidades dos sistemas operacionais da Microsoft. E assim nasceu o Windowsfx

Um dos objetivos do Windowsfx é de atender o ramo empresarial, dando uma sobrevida para computadores que se tornariam obsoletos com sistemas operacionais mais novos da Microsoft. Um exemplo bem simples que podemos mostrar é a "padaria do Seu Manuel", que pode atualizar para um Windowsfx e continuar rodando o seu software de ponto de venda feito para o Windows 7.

Agora, no último dia 17, foi a vez de Rachid lançar a versão Windowsfx 11, baseado em Ubuntu 20.04 LTS Neon, do seu sistema. Dê uma conferida no vídeo de como está o novo SO brasileiro. Não só pelo wallpaper e botão iniciar centralizado, mas o Windowsfx 11 está bem idêntico ao novo sistema operacional da Microsoft. E não, não precisa do TPM 2.0 para rodar o Windowsfx 11, cujo kernel é o 5.11 LTS.

- Continua após a publicidade -

A chave de ativação do Windowsfx custa 20 dólares, mas é possível utilizar uma versão free com as ferramentas básicas do sistema. Basta um PC com arquitetura de 64 bits ou Raspberry Pi, 2, 3 ou 4. Há também um Windowsfx 10 com compatibilidade para Steam, além claro de poder instalar o Lutris. Então você pode instalar o Windowsfx e jogar à vontade uma enorme quantidade de jogos sem "apanhar" em um sistema operacional novo.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Windowsfx
Tags
  • Redator: Felipe Freitas

    Felipe Freitas

    Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia, adora jogos com histórias bem feitas e de esportes (já que é ruim praticando).

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.