Créditos: Konami

Código Konami completa 35 anos: veja como ele surgiu

Código entrou na versão final de Gradius por acidente e o resto é história...
Por Daniel Trefilio 16/09/2021 11:43 | atualizado 16/09/2021 11:50 Comentários Reportar erro

O Konami Code foi criado em 1986 no shoot-em-up clássico de arcade, Gradius, como ferramenta de desenvolvedor que trabalhava no port do título para o NES, console da época, chegou à versão final do jogo por acidente, e em uma época em que não existiam os patches do "dia UM" acabou virando uma gimmick divertida e histórica.

Kazuhisa Hashimoto, desenvolvedor japonês que faleceu ano passado, começou sua carreira na Konami em 1981 e originalmente trabalhou em projetos de placas de circuitos para jogos arcade, e com a evolução dos consoles caseiros, foi um dos designados para trabalhar na conversão de alguns desses títulos para o Nintendo Entertainment System (NES).

Em 1986 era Hashimoto o responsável por converter a versão de arcades de Gradius para o NES, mas como a maioria dos jogos to tipo shoot-em-up, Gradius era - e ainda é - bem difícil, e o desenvolvedor que não conseguia terminar o jogo inseriu o código para garantir a sua nave todos os power-ups e continuar trabalhando na conversão sem precisar se preocupar em virar um mestre em desviar dos momentos bullet-hell e derrotar as hordas de inimigos impiedosos

O famoso CIMA CIMA BAIXO BAIXO ESQUERDA DIREITA ESQUERDA DIREITA BA, inicialmente deveria ser apenas uma ferramenta de desenvolvimento como tantas outras inseridas nos jogos e removidas do código final antes do lançamento, mas o desenvolvedor esqueceu de remover o código, que acabou indo na versão final de Gradius e passou de ferramenta para "código secreto", estando presente inclusive em todas as sequências da franquia.

- Continua após a publicidade -

Créditos: Konami

Por se tornar uma brincadeira para dar aquele empurrãozinho extra, o código acabou inserido também em jogos da franquia Contra, também extremamente difíceis, mas que foram muito mais populares que Gradius e suas sequências. Em Contra, o código adicionava instantaneamente 30 vidas, o que muitas vezes ainda não era o suficiente para finalizar o jogo.

Créditos: Konami

- Continua após a publicidade -

Pela popularidade de Contra, o código criado por Hashimoto acabou ficando mais conhecido como o "Código Contra", ou "Código de 30 Vidas", mas também apareceu em jogos como Castlevania, Teenage Mutant Ninja Turtles e até Dance Dance Revolution, com funções diferentes em cada uma de suas versões.

Em alguns jogos da franquia DDR, o Konami Code liberava todas as músicas e modos especiais, como o que fazia uso dos dois dance-pads em músicas solo, inclusive no arcade. Isto era um espetáculo dos jogos de ritmo de arcade equivalente a ver alguém soltando o especial secreto do Akuma.

O código que virou uma marca registrada da Konami se tornou algo tão relevante e que mexe tanto com a nostalgia dos fãs de jogos que em abril, mês em que o código efetivamente completou seus 35 anos, a empresa lançou em parceria com o Spotify, YouTube e iTunes uma playlist com trilhas de vários jogos da casa que traziam o código.

 

 

 

 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Fonte: Atlas Obscura, The Enemy
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio

    Daniel Trefilio

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes. twitch.tv/DanielTPC

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.