Créditos: Codefordl

Placa para mineração NVIDIA CMP 170HX aparece em fotos, GPU chega até 164 MH/s

Esse modelo é diferente dos outros que usam design de fabricantes parceiras

As GPUs NVIDIA CMP (CryptoMining Processor) são a solução recente que a fabricante lançou nos últimos meses para mineração profissional. Até agora, os modelos que carregam esse chip tinham o design padrão encontrados nas GeForce. A nova placa dessa linha, a CMP 170HX, tem um design totalmente diferente com dissipação passiva, de acordo com as fotos mostradas em um site chinês.

A CMP 170HX é basicamente uma GPU aceleradora NVIDIA A100 recondicionada para o propósito de mineração. A placa não tem portas de conexão de vídeo e, com isso, nenhum outro uso (como jogar, por exemplo). Segundo o Videocardz, a NVIDIA está usando as GPUs GA100 que não alcançaram o resultado necessário para se tornarem uma placa aceleradora e acabaram virando GPUs para mineração.

A placa para mineração CMP 170HX tem 4480 núcleos CUDA, 54% da quantidade encontrada no chip completo GA100. A placa aceleradora A100 tem 6912 núcleos CUDA, que são 84% dos núcleos ativos nesse chip. As memórias tiveram uma redução considerável. Enquanto que alguns modelos A100 contam com 40GB ou 80GB, a CMP 170HX conta, apenas, com 8GB HBM2e de memória com uma largura de banda máxima de 1.493 GB/s.

- Continua após a publicidade -

Os dados do GPU-Z mostram que a placa opera com frequências de 1140 MHz a 1410 MHz e, nesse caso, está usando o driver 471.41 de julho. Para garantir que a placa não seja usada para outros propósitos, a NVIDIA limitou a interface PCIe para versão 1 e 4 lanes, mesmo que fisicamente a placa tenha 16 lanes. Isso geraria bastante gargalo em qualquer tipo de workload.

Além disso, a versão de BIOS usada não suporta overclock de memória, o que bloqueia qualquer tentativa de otimizar a mineração. Mesmo que a memória seja o ponto mais importante em mineração, a CMP 170HX vai operar do jeito que saiu da fábrica, considerando que ninguém ache meios alternativos, o que é improvável.

Em um teste real usando o algoritmo Ethash, a GPU oferece até 164 MH/s consumindo 250W sem nenhuma configuração ou otimização, como está descrito no datasheet da placa. O resultado é bem melhor que a média alcançada pela GeForce RTX 3090 de 120 MH/s consumindo perto dos 300W.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: VideoCardz
Tags
  • Redator: Raphael Giannotti

    Raphael Giannotti

    Entusiasta de JRPG, viveu a era de ouro do gênero nos anos 90. Fã incondicional de Zelda e Final Fantasy, hoje garimpa as bibliotecas de PC em busca de jogos épicos como esses. Enquanto não acha, zera tudo (ou quase) o que vê pela frente. Hobby atual: jogar o máximo de souls-like e metroidvania. Jornalista formado pela UFMA, gamer desde 1991.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.