Créditos: Discord

YouTube exige encerramento do bot Groovy no Discord

Serviço que permitia aos usuários ouvirem música será encerrado em 30 de agosto
Por Juliano Aires 28/08/2021 09:12 | atualizado 28/08/2021 14:40 Comentários Reportar erro

O YouTube, um dos mais famosos sites de vídeos na internet e que pertence ao Google emitiu para o Groovy, bot de músicas para o Discord, uma ordem de “cease-and-desist”, método utilizado para que alguém ou uma empresa deva cessar e desistir de uma atividade, caso contrário poderá ocorrer uma ação judicial.

O Groovy Bot é muito conhecido pelos usuários do Discord, ele é (era) utilizado para reproduzir músicas do YouTube e de outras plataformas de música em servidores do Discord, atualmente ele está presente em mais de 16 milhões de servidores.

O seu maior beneficio era a possibilidade de ouvir músicas sem que fosse necessário abrir um navegador durante a jogatina, e também a possibilidade de reunir um grupo de amigos para tocar a playlist preferida entre a galera.

Estima-se que o serviço fornecido pelo Groovy Bot alcança(va) uma marca de 250 milhões de usuários, um número extremamente expressivo. A empresa e seu criador Nik Ammerlaan já informaram que irão cumprir a notificação recebida e o serviço será encerrado em 30 de agosto.

- Continua após a publicidade -

Confira na íntegra a nota que o fundador do Groovy publicou sobre a decisão:

Olá a todos,

É com o coração pesado que hoje anuncio que o Groovy está fechando. A equipe está refletindo sobre essa decisão há algum tempo e, infelizmente, não há nenhum caminho a seguir que inclua o Groovy. Em 30 de agosto, o Groovy encerrará seu serviço. Todos os usuários premium que pagaram pelo serviço após essa data receberão um reembolso nas próximas semanas.

Groovy tem sido uma grande parte da minha vida nos últimos cinco anos. Tudo começou porque o bot do meu amigo era péssimo e pensei que poderia fazer um melhor. Evidentemente, vocês concordaram. Ao longo dos anos, Groovy evoluiu lentamente de um projeto pessoal corporativo para uma potência industrial. A cada novo usuário, a tarefa do Groovy ficava mais difícil e novos desafios surgiam. Esses desafios surgiram. Esses desafios motivaram meu aprendizado e é a razão pela qual tenho uma carreira hoje.

Quero agradecer a cada um de vocês por usar o Groovy. Todos vocês contribuíram para moldá-lo no que ele é hoje. Espero que você tenha um dia maravilhoso e lembre-se: continue descolado (Groovy).

- Continua após a publicidade -

Nik
Criador de Groovy

Perguntado pelo The Verge, o Google respondeu que a notificação ao Groovy foi enviada por causa de violações dos Termos de Serviço, o que inclui modificar o serviço e usá-lo para fins comerciais, o porta-voz da empresa americana também informou que a sua API é destinada para desenvolvedores que cumpram os termos de serviço.

Nik Ammerlaan disse em entrevista ao The Verge que durante os cinco anos de projeto ele sempre imaginou que um dia isso aconteceria, só não sabia quando. E também falou sobre o quanto o Groovy sobrecarregou ele nos últimos cinco anos.

Apesar de demorar muitos anos para uma movimentação do YouTube contra o Groovy Bot, finalmente chegou o dia em que a empresa se incomodou com um serviço que infringia seus termos, que resumidamente, removia os anúncios dos vídeos para seus usuários.

O maior serviço para ouvir músicas nos servidores do Discord, o Rythm Bot, permanece vivo e atualmente está presente em 20 milhões de servidores, atingindo 560 milhões de usuários e com a queda do Groovy, estima-se que será difícil para o Rythm se manter funcionando.

Sony anuncia que Discord será integrado ao Playstation 5 em 2022

Sony anuncia que Discord será integrado ao Playstation 5 em 2022
Jim Ryan, CEO da Sony, anunciou que fez um “investimento minoritário como parte da série H do Discord"

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: theverge
Tags
  • Redator: Juliano Aires

    Juliano Aires

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.