Créditos: Samsung

Novas memórias HBM-PIM da Samsung prometem maior desempenho e menos consumo

Tecnologia PIM traz integração de microprocessamento dentro da memória
Por Daniel Trefilio 25/08/2021 11:47 | atualizado 25/08/2021 12:16 Comentários Reportar erro

Samsung apresentou memórias HBM (High Bandwidth Memory) com funcionalidade PIM (Processing in Memory) de microprocessamento dentro da memória, que quando integradas a sistema de aceleração de Inteligência Artificial Xilinx Alveo, garante ganho de desempenho de até 150% e redução de consumo de energia em até 60%.Apesar das memórias HBM serem as primeiras da Samsung a receber essa combinação de tecnologias, a empresa pretende expandir funcionalidade PIM  também para módulos DRAM convencionais e memória para dispositivos móveis.

Na última terça-feira (24) a Samsung apresentou durante seu painel na Hot Chips 33 seus últimos avanços no campo de tecnologia de memórias, fazendo jus à sua posição como uma das líderes em inovações no segmento, as memórias HBM-PIM (Aquabolt-XL). A empresa é a primeira a apresentar módulos de memória HBM2 com capacidade de processamento interno com integração de aceleradores via Inteligência Artificial

Créditos: Samsung

De acordo com testes conduzidos no Xilinx Virtex Ultrascale+, a integração das Samsung HBM2 Aquabolt com a tecnologia conseguiu entregar até 2,5x mais desempenho, apresentando redução superior a 60% no consumo de energia , combinação que possibilita uma salto excepcional em sistemas de Computação de Alto Desempenho (HPC- High Performance Computing).

- Continua após a publicidade -

Apesar de no por enquanto as HGM-PIM (Aquabolt-XL) serem as primeiras memórias da Samsung com esse tipo de integração e capacidade de processamento interno, a empresa já afirmou que pretende começar a expandir a combinação para sistemas convencionais com módulos DRAM utilizando PIM.

Créditos: Samsung

As AXDIMM (Acceleration DIMM) terão um motor IA dentro do chip de buffer e também irão possibilitar processamento interno aos módulos de memória, minimizando movimentação em larga escala de dados entre processador e DRAM, consequentemente entregando uma maior eficiência de energia de sistemas de processamento de IA.

- Continua após a publicidade -

Créditos: Samsung

Por se tratar de uma mudança na tecnologia dos módulos sem modificações no formato de conexão, a substituição de módulos DIMM por AXDIMM não ira necessitar de uma atualização completa dos sistemas, entregando até duas vezes mais desempenho e redução de consumo de até 40% em aplicações de IA.

Já no caso das memórias Samsung LPDDR5-PIM, será possível trazer capacidade de processamento IA à dispositivos móveis sem a necessidade de conexão com Data Centers, acelerando consideravelmente aplicações como chatbots, tradutores automáticos e reconhecimento de voz.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Videocardz.com Fonte: Samsung
Assuntos
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio

    Daniel Trefilio

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes. twitch.tv/DanielTPC

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.