Créditos: Twitch

Apagão da Twitch: streamers farão "greve" e prometem 24 horas sem lives

Criadores de conteúdo reivindicam pagamentos mais justos e mais transparência de dados na plataforma

Se no próximo dia 23 de agosto o seu streamer favorito não estiver online na Twitch pode ser que ele tenha aderido ao movimento “Apagão da Twitch, que promete uma greve com 24 horas sem produção de conteúdo.

O anúncio foi feito por meio da conta @apagaotwitch no Twitter e o movimento diz não ter relação com a União dos Streamers, uma espécie de “sindicato” [o termo é utilizado de maneira irônica] que pretende lutar por melhores contrapartidas financeiras para os criadores de conteúdo da plataforma.

Os organizadores da iniciativa sugerem que os streamers fiquem 24 horas sem fazer lives – e que os usuários fiquem o mesmo período sem consumir conteúdo na plataforma como maneira de protestar.

Apagão da Twitch: o que pede o movimento?

O texto a seguir foi compartilhado pelo movimento diretamente no Twitter.

Somos um movimento autônomo anticapitalista. Não possuímos relação com a União dos Streamers, apesar de concordarmos com a iniciativa e entendermos a importância da União.

Não temos líderes nem hierarquia. Algumas pessoas estão autorizadas a falar pelo movimento, mas nossas decisões são tomadas por consenso dentro do grupo que originou a ideia do apagão.

- Continua após a publicidade -

Nosso objetivo é mobilizar streamers e viewers a não utilizarem a plataforma Twitch na data de 23/08, em protesto pelas reivindicações abaixo.

Anteriormente, o repasse das inscrições pagas para os streamers era de US$1,42 (R$7,59), US$1,24 (R$6,64) das inscrições de presente e US$1,75 (R$9,36) das inscrições pelo Prime.

Com a mudança nos preços de inscrição na plataforma os valores de repasse passaram para: inscrições pagas: U$0,47 (R$2,50), inscrições de presente: U$0,41 (R$2,19), inscrições pelo prime: U$0,50 (R$2,67).

Ou seja, por mais que o valor da inscrição tenha diminuído, tornando mais acessível, o valor que os streamers recebem caiu significativamente, aproximadamente 1/3 do valor anterior.

- Continua após a publicidade -

Explicando de forma mais simples: O salário mínimo é de R$1100,00. P/ que um streamer conseguisse, apenas com o valor do sub, alcançar UM SALÁRIO MÍNIMO, seria necessário 523 subs pagos (R$2,50). E esse alcance é distante realidade de 99,9% dos streamers pequenos e médios.

Sabemos que a inscrição não é a única fonte de renda: os bits (moeda virtual da twitch), anúncios (que dão pouquíssimo dinheiro) e doações diretas como campanhas de arrecadação (catarse, apoiase, etc), publis, canais no youtube, e outras plataformas.

LEMBRANDO QUE recebemos R$ 2,10 porque o dólar no momento está altíssimo. Caso a economia brasileira volte ao normal (e esperamos que volte), nossos ganhos vão ser ainda menores e vamos precisar de ainda mais inscritos!

Insatisfação começou com redução de preço nas assinaturas

No final do mês de julho, a Twitch anunciou uma redução no preço dos subs e dos bits no Brasil. Se por um lado os valores mais acessíveis poderiam favorecer os usuários em um primeiro momento, por outro isso impactou na receita recebida pelos criadores de conteúdo. Isso porque a Twitch não alterou os percentuais de repasse (50%) e de impostos (30%).

A União dos Streamers criou um site, no qual explica todas as reinvindicações por meio de um manifesto. Resta saber se alguma dessas iniciativas terá impacto na maneira como a plataforma faz o repasse para os streamers ou no comportamento do público.

O Apagão da Twitch está previsto para o próximo dia 23/08, segunda-feira.

Streamers se unem em Sindicato contra política de pagamentos da Twitch

Streamers se unem em Sindicato contra política de pagamentos da Twitch
Nova precificação de assinaturas penaliza Streamers com baixo volume de inscritos

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: Canaltech Fonte: Twitter | Apagão da Twitch, União dos Streamers
Assuntos
Tags
  • Redator: Wikerson Landim

    Wikerson Landim

    Jornalista desde 2003 e atual Editor dos sites Adrenaline e Mundo Conectado. Em quase duas décadas, foi editor de diversos sites de tecnologia, games e entretenimento, além de produtor de conteúdo para sites corporativos. Nas horas vagas, assume o volante para dirigir caminhões no Euro Truck e em todos os jogos de corrida que surgirem pela frente.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.