Créditos: Twitch

Streamers se unem em Sindicato contra política de pagamentos da Twitch

Nova precificação de assinaturas penaliza Streamers com baixo volume de inscritos
Por Daniel Trefilio 14/08/2021 13:20 | atualizado 15/08/2021 20:57 Comentários Reportar erro

Streamers brasileiros se posicionam sobre os novos valores das assinaturas da Twitch, que apesar de permitir que a comunidade contribua mais facilmente com seus canais favoritos, por prezar pelo ganho em volume de assinaturas acaba penalizando monetização de canais.

Frente a essas mudanças, diversos streamers já estão comentando as mudanças em suas redes sociais, e agora se uniram em um Sindicato dos Streamers. O nome é muito mais um meme do que uma instituição para regulamentar a profissão de streamers, mas ainda assim é uma forma de tentar pressionar a Twitch a rever a forma como a monetização e as politicas de pagamento são praticadas no país, já que eles claramente enxergam no Brasil um mercado em potencial a ponto de criar uma taxa de inscrição localizada, e não apenas convertida de Dólares para Reais.

A inciativa partiu do streamer da paiN Gaming, Matheus "Picoca", que se mostrou extremamente frustrado com a localização de assinaturas que reduziram consideravelmente a receita de seu canal, que está longe de ser pequeno contando com mais de 500 mil seguidores na plataforma. Apesar da política praticada pela Twitch garantir ao Streamer com contrato padrão  50% do valor por assinatura, isso não leva em consideração o impostos do governo americano que incidem direto sobre a parcela destinada ao Streamer, não sendo rateado com a parcela da assinatura que fica com a plataforma.

Não estamos buscando regulamentação do governo. A gente quer resolver direto com a plataforma, queremos passar longe de ter algum tipo de regulamentação para a Twitch. Não queremos carteira assinada, não queremos salário mínimo, queremos fazer o trabalho do jeito que a Twitch sempre fez, a única coisa que estamos procurando é receber pelo menos um valor digno para isso. É 100% autônomo, você faz seu trabalho, seu horário, e vamos começar por isso - danielhe4rt

- Continua após a publicidade -

A reunião durou aproximadamente meia hora, foi aberta ao público e contou com cerca de 200 pessoas que além de ouvir as falas de Picoca e Daniel "danielhe4rt", também puderam participar. Ambos os streamers enfatizaram a motivação da mobilização que vem acontecendo na última semana, pedindo os streamers que já aderiram ao movimento se manifestem para ajudar a pressionar a Twitch em relação as suas reivindicações.

Apesar do nome Sindicato, em tom de brincadeira, a intenção não é criar uma organização para lutar por direitos trabalhistas ou regulamentação da profissão do streamer, mas apenas organizar a comunidade que transmite na Twitch e que consome seu conteúdo a cobrar uma politica de monetização que também esteja localizada, de acordo com a localização do valor das assinaturas, garantindo assim que os streamers brasileiros, grandes e pequenas, não sofram com uma baixa súbita de receita, já que o crescimento no volume de assinaturas não segue uma progressão proporcional a queda dos preços.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Via: ge
  • Redator: Daniel Trefilio

    Daniel Trefilio

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes. twitch.tv/DanielTPC

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.