Créditos: Reprodução/Nvidia

Nvidia Hopper deve chegar no meio de 2022

Leaker publicou que GPUs Hopper seriam finalizadas em breve e apagou o tweet pouco depois
Por Felipe Freitas 21/07/2021 15:31 | atualizado 21/07/2021 16:20 Comentários Reportar erro

A próxima arquitetura da Nvidia para computação de alto desempenho (HPC), Hopper, pode chegar na data planejada do meio de 2022. A informação foi divulgado pelo leaker Greymon55 no Twitter e apagada logo depois. 

Greymon55 informou que as placas iriam para o tapeout em breve. Na língua da fabricação de eletrônicos, o tape-out ou tapeout é o processo final do design de um circuito. Na sequência, o produto vai para a produção. Mas claro, por mais que estejam com seu desenho quase finalizado, outras alterações podem vir e atrasar. Num mercado tão caro, há diversas revisões do projeto.


Fonte: Reprodução/3D Center

Os primeiros rumores da arquitetura Hopper para GPUs focadas em HPC surgiram ainda em 2019. A GPU seria a primeira tentativa da Nvidia na tecnologia de packaging/empacotamento Multi-Chip-Module, competindo diretamente com as GPUs Intel Xe-HP/C e AMD CDNA 2. Essa tecnologia une componentes como circuitos integrados (IC), dies e outros no mesmo substrato, assim o sistema funciona como um único grande IC. Desse jeito, há um ganho de performance e redução de tamanho do IC.

- Continua após a publicidade -

Os outros rumores sobre a arquitetura Hopper, que será utilizada em data centers, apontam que a GPU terá dois Módulos de Processamento Gráfico (GPM), cada um com oito Clusters para Processamento Gráfico, totalizando 288 Streaming Multiprocessor. 2,6 vezes mais que a GPU A100 de arquitetura Ampere. Essas informações foram divulgadas pelo leaker Kopite7kimi, uma fonte com diversos acertos em vazamentos

As GPUs Hopper serão, de acordo com rumores, baseadas nos processos de fabricação de 5nm da TSMC

O nome Hopper é inspirado em Grace Hopper, cientista da computação e pioneira na programação. Seu trabalho teve impacto na criação da linguagem COBOL, usada até hoje em banco de dados. Nome bem sugestivo com o objetivo da GPU da Nvidia

Fonte: Videocardz, 3D Center, WCCF Tech
  • Redator: Felipe Freitas

    Felipe Freitas

    Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia, adora jogos com histórias bem feitas e de esportes (já que é ruim praticando).

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.