Créditos: Sony

Sony trabalha em versão mais leve do PS5 Digital

Modelo chegaria cerca de 300g mais magro e com novo parafuso de base
Por Luiz Schmidt 20/07/2021 14:15 | atualizado 20/07/2021 15:21 Comentários Reportar erro

Devido a escassez global de semicondutores, está difícil colocar as mãos em um console da nova geração. O que não impede de empresas como a Sony de continuarem pensando no futuro, como demonstrou ao adquirir o estúdio Housemarque, desenvolvedora do roguelike Returnal. Além disso, segundo documentação descoberta no Japão, a empresa continua trabalhando na revisão dos consoles e irá lançar uma versão mais leve do PS5 digital, que vem com uma revisão do parafuso base, ao que tudo indica para torna-lo mais maleável.

Sony anuncia a aquisição da Nixxes software, estúdio especializado em ports

Os documentos (totalmente em japonês) revelam que o novo PS5 Digital, modelo CFI-1100B, será 300 gramas mais leve que o anterior. As informações presentes nas imagens, foram informadas pelo site especializado no Playstation: PSU. Durante o lançamento do Playstation 5, alguns usuários reclamaram sobre a dificuldade em prender a base do console. Por este motivo, a Sony revisou o modelo de parafuso, para tornar o processo mais eficiente.


Documento não revela alterações de especificações, apenas a redução no peso (Créditos: Sony/PSU)


Documento revela forma de instalar a base do PS5 (Créditos: Sony/PSU)

Revisões desse tipo não são novidade para os consoles, que buscam deixa-lo mais leve e manter a mesma eficiência. Os documentos revelados não mostram qualquer outra alteração significativa na versão digital do Playstation 5. Entretanto, sabemos que a Sony vêm trabalhando em conjunto com a TSMC em um SoC de 6nm para ser implementado no Playstation 5, até 2022A redução no peso do Playstation 5 digital, pode ser o primeiro passo para a implementação do chipset de 6nm.

- Continua após a publicidade -

A redução do chipset pode significar um aumento de até 18% na densidade do transistor, aprimorando consumo de energia e utilizando área menor para os mesmos recursos computacionais. Dessa forma, aumentam as chances de vender o hardware com lucro e possibilitam uma possível redução de preço no futuro. A Sony, aparentemente, está refinando o processo de manufatura do console, deixando-o menor sem comprometer a eficiência do aparelho.

Fonte: TudoCelular, PSU
  • Redator: Luiz Schmidt

    Luiz Schmidt

    Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.