Créditos: Kingston / Divulgação

Kingston dá mais detalhes sobre marca Fury e suas novas memórias RAM

Dividida em Beast, Renegate e Impact, nova marca chega após venda da HyperX para HP no início deste ano
Por Neri Neto 20/07/2021 11:11 | atualizado 20/07/2021 11:43 Comentários Reportar erro

A Kingston deu mais detalhes sobre sua nova marca de memórias RAM para o público gamer, a Fury. Ela já havia comentado sua chegada no mercado, mas apresentou novos detalhes sobre a novidade em um evento hoje.

A Fury chega como resultado da venda da HyperX para a HP no início deste ano, negócio que foi fechado por US$ 425 milhões.

Sobre as novas memórias, elas são divididas em Beast, Renegade e Impact e cada uma ocupa um espaço no mercado gamer, atende a necessidades diferentes. Também estão disponíveis em versões com e sem LED RGB. Confira abaixo a descrição para cada linha.

Kingston FURY Renegade: alta velocidade e performance e baixa latência para o melhor desempenho. Memória top de linha (em RGB e não RGB) com frequências DDR4 acima de 5.333MHz;

Kingston FURY Beast: alto desempenho, atualização econômica (em DDR3, DDR4 RGB e não RGB), com velocidades até 3.733 MHz;

Kingston FURY Impact: alta performance SO-DIMM para laptops e outros PC´s (em DDR3 e DDR4), com velocidades até 3.200MHz.

Destaque para a FURY Renegate, que consegue atingir velocidades de 5.333MHz e latências que podem chegar ao CL13. É importante destacar aqui que para atingir CL13 você precisa diminuir a frequência de operação da memória RAM, mas ainda assim é um feito importante. Enquanto a HyperX atuava pela Kingston, não havia memórias distribuídas com CL13.

- Continua após a publicidade -

Sobre o evento

Durante o evento de hoje (20), chamado Kingston is With You, a empresa também aproveitou para compartilhar sua confiança no mercado mesmo em tempo de escassez de peças.

A Kingston está esperando um crescimento de 8% para os próximos meses e o Brasil se mostra muito importante em sua estratégia. Nosso país representa 34% do lucro da empresa aqui na América Latina.

Para 2021, espera-se um crescimento de 40% em vendas de SSD e 33% em DRAM. E sobre o DDR5, a empresa explicou que é questão de tempo para começar o fornecimento em massa, mas que ainda está em estágios iniciais.

- Continua após a publicidade -

 

Fonte: Kingston
Assuntos
Tags
  • Redator: Neri Neto

    Neri Neto

    O universo geek faz parte do dia a dia, da vida, deste jornalista. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neri Neto é responsável por conteúdos diversos no Adrenaline. Ele adora tecnologia, cinema, games e descobriu ainda na infância que a linguagem dos vídeos seria perfeita para falar de tudo que ama. Neri também fala bastante em terceira pessoa, gosta de descontrair e está sempre nas redes sociais.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.