Créditos: Reprodução/AMD

AMD Ryzen Threadripper tem nova data de lançamento informada por leaker

Moore's Law Is Dead diz que Threadripper chega em novembro
Por Felipe Freitas 19/07/2021 08:35 | atualizado 20/07/2021 13:41 Comentários Reportar erro

De acordo com o famoso leaker Tom, o Moore's Law Is Dead, os novos AMD Ryzen Threadripper chegarão em novembro. Processador de codinome Chagall terá ainda a versão Pro lançada em janeiro de 2022. A informação dada por Tom vai na contramão de outros vazamentos que informavam o Threadripper lançado em agosto. 

As informações apresentadas por Moore's Law Is Dead dizem que apesar do Ryzen Threadripper, baseado na arquitetura Zen 3, ser lançado em novembro, nada impede que a AMD apresente o produto antes disso. Por exemplo, a empresa pode fazer um anúncio em agosto, junto do possível lançamento da RX 6600 XT. Mas Tom conta que é esperado que o estoque de processadores normalize até lá, para que assim a AMD consiga atendar as demandas.


Fonte: Reprodução/Moore's Law is Dead

processador Chagall terá ainda um versão Pro, com suporte 8-channel para memórias DDR4 de 3200 MHz, 128 PCIe Lanes e previsto para ser lançado em janeiro de 2022. Moore's Law Is Dead traz ainda a informação que os modelos de processadores Trentos para HPC não terão uma versão Threadripper, ficando somente disponíveis para contratos governamentais e de empresas.

- Continua após a publicidade -

As informações de Moore's Law is Dead que corroboram o leaker Moe's PC mostram que o AMD Ryzen Threadripper 5990X terá até 64 núcleos e 128 threads, suporte para memória DDR4 e 64 lanes de PCIe 4.0. Outros rumores sobre os novos destruidores de threads é que existe a possibilidade da AMD lançar uma versão de 16 núcleos. O TDP, energia dissipada do CPU Chagall, manteria os 280W dos atuais Threadripper.

Os rumores do Ryzen Threadripper 5000 indicam que ele chegará com suporte para o chipset TRX 40 e soquetes sTRX4. Moe's PC declarou que a principal mudança na nova geração de Threadripper será o aumento da velocidade do conector xGMI, de 16 GT/s para 18 GT/s. Essa mudança de velocidade é igual a da CPU EPYC, de codinome Milan, que também é baseado na arquitetura Zen3.

Via: Tweaktown Fonte: Moore's Law Is Dead
  • Redator: Felipe Freitas

    Felipe Freitas

    Felipe Freitas é formado em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Mas, segundo quase todo mundo, tem cara de quem fez Sistemas. Começou nos jogos com o SNES do seu tio, nunca passou da parte da montanha em Legend of Legaia, adora jogos com histórias bem feitas e de esportes (já que é ruim praticando).

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.