Créditos: Divulgação | Hekate GmbH

Ad Infinitum, jogo ambientado após a Grande Guerra, será lançado em 2023 para consoles e PC

Este título foi "ressuscitado" após vários anos sem novidades
Por Guilherme Pinheiro 14/07/2021 23:46 | atualizado 15/07/2021 04:10 Comentários Reportar erro

Anunciado originalmente em 2015, e desenvolvido pela Hekate GmbH, companhia com sede em Berlim, Ad Infinitum ficou no limbo dos games por muitos anos.

Ambientado na Primeira Guerra Mundial, e mesclando aspectos de terror e sobrevivência, a proposta do jogo parece interessante, apesar de ter caído no esquecimento.

Contudo, recebemos um sinal de vida... Divulgaram um trailer de reintrodução, e agora finalmente veicularam uma nova possível data de lançamento: meados de 2023.

Por mais que não pareça muito animador no presente momento, confira o vídeo utilizado para ilustrar o anúncio, e trechos da descrição oficial:

A guerra pode ter terminado, mas o seu pesadelo nunca acabou. Você pode dizer que a luta realmente foi encerrada se ainda permanece batalhando pela sua sanidade?

- Continua após a publicidade -

"Ao menos você irá viver para ver outra noite? Em Ad Infinitum, você jogará como um soldado alemão que estará retornando para casa após a Grande Guerra, mas o trauma vivenciado nas trincheiras continua te assombrando."

É possível ter uma noção do que será encontrado no produto após esse breve texto. Com aspectos que misturam alucinações com acontecimentos reais, parte do desafio será enfrentar as sequelas psicológicas deixadas pelo marcante conflito.

O recurso narrativo de inserir perturbações mentais em uma história é justamente utilizado para introduzir elementos sobrenaturais em um enredo que, normalmente, não aceitaria esse tipo de material.

Apesar de ser um título já anunciado há muitos anos, o projeto deve ter sido reiniciado recentemente. É recomendado, sendo assim, aguardar para disponibilizarem informações mais concretas.

- Continua após a publicidade -

Ad Infinitum será lançado para PC e consoles. Ainda não especificaram quais máquinas receberão o produto, porém, se seguir o ritmo natural que é esperado para daqui dois anos, talvez seja viável apenas no PlayStation 5 e Xbox Series X/S.

Quando foi apresentado pela primeira vez, afirmaram que seria construído com a Unreal Engine 4 em mente. Até então, nada foi mencionado sobre eventuais mudanças de motor gráfico, ou mesmo sobre uma possível adaptação para a Unreal Engine 5.

Fonte: psxbrasil.com.br/, vg247.com, gamespot.com, gamingbible.co.uk
  • Redator: Guilherme Pinheiro

    Guilherme Pinheiro

    Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então. Passou por diversas gerações de consoles, do NES até o PlayStation 5.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.