Sony apresenta Next Generation Portable, o sucessor do PSP

A Sony apresentou hoje o Next Generation Portable, seu novo video game portÁtil que virÁ a suceder o PSP. O console, que promete uma experiência de jogo no nível do PS3 é o primeiro video game portÁtil a vir com um modem 3G, que permite aos jogadores estarem on-line o tempo todo para jogos ou downloads, mesmo quando não hÁ uma rede Wi-Fi por perto.

O NGP terÁ um processador ARM Cortex-A9 quad-core e um chip grÁfico multi-core PowerVR SGX543MP4. O tela serÁ uma touchscreen OLED de 960x544 pixels e 5 polegadas. A conectividade GPS também estarÁ presente no aparelho.

Para controlar a ação nos games, o console apresenta, além dos controles habituais jÁ presentes no PSP, e da touchscreen, dois direcionais analógicos e um touchpad multi-toque na parte traseira, com as mesmas dimensões da tela. Um giroscópio e um acelerômetro permitem que o jogador também controle as ações movendo o portÁtil em si.

Duas câmeras, uma frontal e uma traseira, aumentam as chances de que jogos baseados em movimentos sejam desenvolvidos, além de sinalizar a possibilidade de se utilizar o aparelho para video-chat. Em conjunto com o GPS, as câmeras também serão usadas em jogos que envolvam realidade aumentada.

- Continua após a publicidade -

A Sony vai oferecer jogos para o NGP através de download e em uma nova mídia física, um cartão de memória chamado provisoriamente de "New Game Media". Os jogos que vierem com o novo cartão virão com espaço adicional para salvar as partidas salvas e extras baixados na internet.

Uma grande novidade, o aplicativo Near localiza outros jogadores próximos e permite o compartilhamento de conteúdo e jogos multiplayer.  O NGP também terÁ suporte aos Troféus e outros recursos da PSN, sistema presente no PS3.

A Sony prometeu uma boa gama de títulos disponíveis jÁ na estreia do portÁtil, com jogos como Hot Shots Golf, Little Big Planet, Resistance, Wipeout e Uncharted. A empresa também anunciou que a série Call of Duty chegarÁ em breve à nova plataforma, enquanto a Konami, a Sega e a Epic Games mostraram demos de Metal Gear Solid 4, Yakuza 4 e Epic Citadel, que provaram que o console pode realmente rodar grÁficos com a qualidade do PS3.

Os jogos para PSP continuarão a funcionar, além dos jogos da PlayStation Suite, a novo ambiente multiplataforma para jogos de PS1, que deve também estar disponível para Android. Como o console não tem mais entrada para os discos UMD, utilizados no PSP, apenas jogos antigos comprados por download poderão ser rodados no NGP.

- Continua após a publicidade -

O NGP deve chegar às lojas, pelo menos no japão, em tempo para os feriados de final de ano. Até lÁ a Sony deve revelar mais detalhes sobre o aparelho.

A apresentação foi feita pelo presidente da Sony Computer Entertainment, Kaz Hiari, que diz que o mercado dos jogos portÁteis sofreu sérias mudanças desde o lançamento do primeiro PSP, em 2005. "Naquela época, os celulares não eram capazes de fazer games com a qualidade de hoje, nem mesmo tinham esta interação com redes sociais e com a internet. Apresentamos um videogame portÁtil revolucionÁrio, que manterÁ o jogador sempre conectado", disse.

Com o novo console, a Sony pretende recuperar o terreno perdido para os smartphones no segmento de jogos portÁteis. No ano passado, a empresa, motivada pelas perdas de mercado para a Apple, passou a veicular anúncios anti-iPhone, dizendo que uma plataforma que se baseia apenas no toque  não pode oferecer uma experiência boa com jogos.


Assuntos
Tags
  • Redator: Alexandre Lunelli

    Alexandre Lunelli

    Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alexandre é um entusiasta da fotografia, música, e demais áreas que não cansem muito. Fã da comunidade opensource, e sonha com um mundo mais bonito, igualitário e sem o trabalho, mal que corrompe a humanidade.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.