Créditos: Reprodução/ The Verge

Windows 11 abandona a clássica e temida 'Tela azul da morte'

O novo sistema operacional da Microsoft trará a cor preta para a tela de erro do sistema

Quem utiliza o sistema operacional Windows provavelmente já se deparou pelo menos uma vez com a 'Tela azul da morte', a temida notificação de erro que anunciava muitas dores de cabeça. Entretanto, quem está participando do programa Windows Insider e testando o novo Windows 11 relatou que Microsoft abandonou a clássica tela azul. No entanto, isso não quer dizer que o sistema operacional é a prova de erros, pelo contrário, diversos bugs já foram relatados e agora a empresa adotou uma tela preta com a nova atualização.

BIOSTAR lista placas mãe com TPM 2.0 e suporte ao Windows 11

Pode-se dizer que é o fim de uma era, mas não o fim das dores de cabeça. O Windows 11 chega com algumas novidades, uma delas é a exigência do TPM 2.0 um processador de criptografia instalado na placa-mãe que aumenta a segurança, e muita gente não conhecia. Claro que essa exigência trouxe mudanças no cenário dos módulos TPM 2.0 que sofrem com alta dos preços e pouco estoque.

Confira se seu PC suporta o Windows 11 usando nova ferramenta da Microsoft

O visual da tela de erro não mudou, apresentando o rostinho triste adicionado em 2012 e o QR Code implementado em 2016. Além disso, a mensagem e o código de erro permanecem exatamente na mesma posição, com formato e tipografia idênticos. Atualmente a nova cor da tela de erro não está completamente habilitada, e a mudança sequer foi confirmada oficialmente pela Microsoft, até o momento a versão preview do sistema vem com uma cor especial verde, tradicionalmente utilizada pela empresa durante os testes.


(Créditos: The Verge)

- Continua após a publicidade -

O motivo da nova tela preta não é conhecido, talvez faça parte das intenções da Microsoft em renovar completamente o visual do sistema operacional com o Windows 11, que traz aplicativo Configurações completamente redesenhado, um Explorador de Arquivos com design mais moderno que utiliza elementos da linguagem de design Microsoft Fluent Design System. Além disso, o OS irá indicar estimativas para o tempo de instalação dos updates, contando atualizações até 40% menores se comparadas com o Windows 10.

Fonte: The Verge
Assuntos
Tags
  • Redator: Luiz Schmidt

    Luiz Schmidt

    Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.