Créditos: Divulgação Microsoft

Windows 11 tem suporte a taxa de atualização dinâmica para poupar bateria

Novidade está presente para usuários do Insider mas só está funcionando com algumas fabricantes
Por Willian Ferreira 29/06/2021 10:29 | atualizado 29/06/2021 10:39 Comentários Reportar erro

Nos últimos anos, diversos notebooks com Windows estão chegando com telas de alta taxa de resolução, que além de oferecer uma melhor experiência em jogos, também tornam a utilização do sistema mais suave. Entretanto, isso traz um ponto bastante negativo para os computadores: o alto consumo de bateria. Mas agora a Microsoft parece estar resolvendo isso com o Windows 11, adicionando o suporte à Taxa de Atualização Dinâmica (DRR) com o novo sistema.

Atualmente o usuário que quer poupar um pouco de energia do seu notebook tem que fazer manualmente esse processo, algo que, segundo usuários do Windows 11 Insider, não será mais necessário. Isso porque, enquanto o usuário está fazendo atividades que não precisam de taxas mais rápidas no display, como escrever um documento e um email, o sistema automaticamente reduzirá a taxa de atualização da tela do computador para 60Hz.

Porém, a Microsoft não quer que essa tecnologia atrapalhe a fluidez de quem está utilizando o sistema. Com isso, o Windows 11 vai aumentar a taxa de atualização sempre que o usuário precisar, por exemplo, quando estiver movendo um documento pelo sistema. A novidade ainda está restrita em algumas aplicações, como apps da própria Microsoft e da Adobe.


Créditos: Divulgação Microsoft

A empresa afirma que esse é apenas o início dessa tecnologia. A Microsoft afirma que com o tempo mais dispositivos irão receber suporte ao DDR. Além disso, ela também falou um pouco sobre a novidade em jogos: o Windows 11 não irá reduzir as taxas de atualização da tela durante a gameplay, para não atrapalhar a vantagem competitiva das telas com mais de 120Hz.

- Continua após a publicidade -

Atualmente o DDR está disponível para notebooks com telas de ao menos 120Hz, mas que possuem suporte a tecnologias de taxa de atualização variável. Além disso, o driver de vídeo do aparelho também tem que suportar essa tecnologia.

O novo recurso do Windows pode ser encontrado para ativar no menu ‘Sistemas’, que terá a opção de ‘Ativar DRR’. Entretanto mesmo alguns notebooks que possuem essas especificações não estão conseguindo testar a novidade na primeira versão do Windows 11 Insider, mas a Microsoft afirma que está trabalhando com as fabricantes para resolver isso. 

Fonte: Engadget, Microsoft
  • Redator: Willian Ferreira

    Willian Ferreira

    Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.