Créditos: Divulgação NVIDIA

Principais clientes da Arm apoiam a compra da empresa pela NVIDIA

Fabricantes como a MediaTek acreditam que aquisição não irá atrapalhar a concorrência do mercado

Um dos principais focos da NVIDIA no último ano é fechar a compra da Arm, que foi anunciada no ano passado com um valor total de US$ 40 bilhões. Entretanto a empresa vem enfrentando diversos problemas desde então, com empresas órgãos regulatórios com medo disso impactar negativamente no mercado, mas isso não deve acontecer, ao menos é o que acredita algumas das principais clientes da Arm.

As informações do portal South China Morning Post, a fabricante de GPUs pode estar recebendo algumas aliadas para conseguir fechar essa compra, isso porque as empresas MediaTek, Marvell Technology e Broadcom Corp tomaram a frente e confirmaram ser favoráveis a aquisição. Isso é importantíssimo, pois essas fabricantes não são apenas algumas das principais clientes da Arm, mas também são gigantes da fabricação de chips.

Essa é uma das, se não a, primeira notícia boa para a NVIDIA sobre a aquisição desde o anúncio, principalmente devido a essas empresas acreditarem que isso não impactará negativamente no mercado. 


Créditos: Divulgação NVIDIA

O principal problema para a compra da Arm se concretizar deve ser da Autoridade de Concorrência e Mercados do Reino Unido, que anunciou que vai analisar minuciosamente essa aquisição. Isso porque eles não estão apenas preocupados com o mercado, mas também com os trabalhos que o governo vinha tendo com a empresa, que poderia impactar na segurança nacional.

- Continua após a publicidade -

Além disso, também tem o medo de empresa, pois atualmente, mesmo sendo propriedade da japonesa SoftBank, a Arm é uma empresa fundada e tem a sua sede no Reino Unido. O governo teme que a NVIDIA compre a empresa e futuramente decida mudar a sede da empresa para os Estados Unidos.

Junto com as autoridades Britânicas, os órgãos regulamentares dos EUA, China, Japão e outros já estão também analisando a compra, principalmente preocupados sobre o risco da aquisição interferir na concorrência de mercado. Um dos principais pontos levantados por essas autoridades é a empresa estar planejando lançar CPUs e GPUs com arquitetura ARM, o que poderia acabar sendo uma concorrência desleal.

Apesar do apoio dessas empresas, a NVIDIA ainda tem muito que lutar para fazer o mercado aceitar essa compra, principalmente porque diversas gigantes da tecnologia como a Qualcomm, Microsoft e Google já se mostraram contra a aquisição. Com isso, ainda teremos muitas novidades sobre isso no futuro, principalmente porque a fabricante de GPUs pretende fechar o acordo até março de 2022.

Fonte: Mundo Conectado, SCMP, Mundo Conectado, SCMP
  • Redator: Willian Ferreira

    Willian Ferreira

    Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.