Créditos: The Verge

Apps Android no Windows 11 também rodarão em plataformas AMD

O compilador de instruções desenvolvido pela Intel também é suportado por CPUs ARM

O recém anunciado Windows 11 virá com novidades não só visuais, mas também com utilidades funcionais como o suporte a aplicativos Android. Isso será possível através da Windows Store e também via aplicativo da loja da Amazon. A nova função vai acontecer graças ao Intel Bridge, um compilador de instruções responsável por rodar as aplicações. Porém a nova funcionalidade também estará aberta à AMD e CPUs ARM, segundo a própria Intel.

O Intel Bridge é um compilador que traduz as aplicações que são compiladas para plataformas não x86, como apps Android, para instruções em x86 e é aqui que entra a AMD por oferecer suporte. "A Intel acredita que é importante disponibilizar essa capacidade por todas as plataformas x86 e desenvolveu a tecnologia Intel Bridge para suportar todas as plataformas x86", disse a Intel ao Tom's Hardware. "Porém entregamos plataformas que resultam em uma experiência otimizada fazendo com que os processadores Intel Core sejam as melhores escolhas para isso", complementa a Intel sobre o uso do compilador Intel Bridge.

A Intel acredita que é importante disponibilizar essa capacidade por todas as plataformas x86

As aplicações Android não serão limitadas a emuladores para o Windows 11, eles rodaram direto no sistema da Microsoft com direito a seus próprios ícones no menu iniciar e atalhos na barra de tarefas e área de trabalho, conforme cita o Engadget. Panos Panay, executivo de negócios da Microsoft disse em sua apresentação que a tecnologia da Intel vai permitir com que os apps Androids rodem "suave e sem remendos".

- Continua após a publicidade -

Ainda não ficou claro se os aplicativos Androids rodarão nativamente em tela cheia como uma aplicação qualquer para computador, ou se eles rodarão em formato de celular (como visto na imagem), nem se ficarão dentro da Windows Store ou Amazon Appstore. Contudo, a ideia do Intel Bridge é converter as aplicações Android para rodar nativamente no Windows 11. Resta saber também, se essa conversão acontecerá automaticamente pelo novo sistema operacional da Microsoft ou exigirá alguma alteração por parte dos desenvolvedores das aplicações mobile.

Via: The Verge, Engadget Fonte: Tom's Hardware
  • Redator: Raphael Giannotti

    Raphael Giannotti

    Entusiasta de jRPG, viveu a era de ouro do gênero nos anos 90. Fã incondicional de Zelda e Final Fantasy, hoje garimpa as bibliotecas de PC em busca de jogos épicos como esses. Enquanto não acha, zera tudo (ou quase) o que vê pela frente. Hobby atual: jogar todos os souls-like depois de ter platinado os três Dark Souls. Jornalista formado pela Universidade Federal do Maranhão, gamer desde 1991.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.