Créditos: Divulgação TSMC

TSMC deve priorizar os pedidos de chips da Apple, afirma site

Devido a escassez de chips, fabricante também priorizará chips para carros autônomos
Por Willian Ferreira 22/06/2021 08:28 | atualizado 22/06/2021 08:36 Comentários Reportar erro

A TSMC é a maior fabricante de semicondutores do mundo, mas isso não impede ela de sofrer por causa da escassez de chips e ter que fazer algumas “escolhas difíceis” por causa disso. Agora a empresa pode estar tendo que fazer alguns sacrifícios, ao menos é o que indica alguns rumores, que afirmam que a empresa vai priorizar os pedidos da Apple.

Junto com a gigante de Cupertino, a fabricante também deve priorizar alguns outros parceiros, sendo eles compradores de circuitos integrados automotivos. Apenas após fabricar a quantidade desejado por esses clientes, daí a TSMC estará conversando para suprir a demanda dos fabricantes de peças para computadores e servidores.

Essas informações foram obtidas pelo portal DigiTimes, que afirma possuir fontes internas na gigante taiwanesa. Segundo o vazamento, a empresa dará prioridade à Apple pela sua quantidade de modelos de aparelhos vendidos, que necessita de uma quantidade grande de chips, que podem suprir boa parte da demanda da fabricante, ajudando bastante nos lucros de cada trimestre dela.


Créditos: Divulgação TSMC

Além disso, pela Apple ser líder nos mercados que opera, isso põem ela numa posição privilegiada para negociar as novas tecnologias. Atualmente a fabricante dos iPhone já garantiu, segundo informações da TSMC e alguns vazamentos, as primeiras remessas de chips de 4nm e 3nm

- Continua após a publicidade -

Com isso, a TSMC quer suprir as demandas da gigante de Cupertino, já tentando entregar logo alguns chips de 3nm para a empresa, se preparando para, em caso da escassez de chips continuar em 2022, manter as demandas da empresa.

Outra “exclusividade” que a Apple possui é no novo processo N5P, que é uma melhoria do nó atual de 5 nm da fabricante taiwanesa. Essa novidade deve ser usada na Apple no novo chipset A15 Bionic, que trará melhorias de desempenho e eficiência de energia.

Entretanto, essa “amizade” entre as duas empresas vem incomodando outras concorrentes, como a Qualcomm que, devido a escassez de chips, não conseguiu comprar os semicondutores da TSMC, tendo que supostamente se juntar com a Samsung para a fabricação do Snapdragon 895. Outra empresa que vem não gostando muito das amizades da TSMC é a NVIDIA, que vê a aproximação da empresa como a AMD como algo que pode afetar ela futuramente.

Fonte: WCCFTech, Digitimes
Tags
  • Redator: Willian Ferreira

    Willian Ferreira

    Willian Ferreira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em 2019 e começou a estudar Sistemas na Estácio. Desde criança é um aficionado por games, essa paixão acabou despertando o interesse na área de tecnologia. Joga de tudo um pouco, mas tem uma preferencia para jogos de ação, FPS e Fable.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.