Tablet Android chinês promete qualidade para rivalizar com iPad

Se no ano passado alguém dissesse que as fÁbricas chinesas produziriam tablets capazes de rivalizar com o iPad, provavelmente você começaria a rir.

O novo tablet apresentado pela chinesa AGSO promete ser um forte concorrente para o tablet da Apple, pelo menos com relação às especificações. Ele vem com um processador Samsung PC110 de 1GHz, 512 MB de RAM e de 4 a 16 GB de memória interna.



A sua tela, fabricada pela LG, tem exatamente as mesmas especificações da do iPad. Tem 9,7 polegadas, é capacitiva, retroiluminada por LED, com resolução de 1024x768 pixels e tecnologia IPS. A bateria tem capacidade de 6800mAh e deve durar até 9 horas.



Para quem queria câmeras, o AGSO não decepciona. A traseira tem 5 megapixels e a da frente 2 megapixels. Seu peso é de 800 gramas, um pouco a mais que o iPad, que tem 680 gramas no modelo wi-fi e 730 gramas no modelo wi-fi + 3G.

A AGSO vai rodar Android 2.2 e serÁ lançado em março. O preço ainda não foi anunciado, mas, se seguir a linha dos outros tablets chineses, deve ficar bem abaixo do preço cobrado pelo iPad.


Assuntos
Tags
  • Redator: Alexandre Lunelli

    Alexandre Lunelli

    Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alexandre é um entusiasta da fotografia, música, e demais áreas que não cansem muito. Fã da comunidade opensource, e sonha com um mundo mais bonito, igualitário e sem o trabalho, mal que corrompe a humanidade.

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

Últimas

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.