Créditos: Divulgação / Nvidia

NVIDIA irá reduzir produção de placas RTX 2060 para focar na série RTX 3000

Um dos motivos ainda é o acesso limitado inclusive a memórias GDDR6

Segundo comunicado interno a fabricantes parceiras, a NVIDIA pretende reduzir a produção das placas GeForce RTX 2060 com a intenção de direcionar mais recursos para a produção dos modelos da série GeForce RTX 3000.

De acordo com postagem em fórum fechado para empresas parceiras, a partir de junho a NVIDIA pretende começar a oferecer uma quantidade reduzida de kits de produção das placas RTX 2060, oferecendo em contrapartida um volume maior de kits das placas da séries RTX 3000, muito disso devido à crises de semicondutores que afeta diversos componentes das linhas de produção de placas gráficas.

Apesar das séries RTX 2000 Turing utilizarem o processo de fabricação em 12nm da TSMC, enquanto as séries RTX 3000 Ampere utilizam processo em 8nm da Samsung, a GPU é apenas um dos componentes necessários para a montagem das placas, e tanto placas Turing quanto Ampere utilizam memórias GDDR6, tornando o componente um gargalo na fabricação dessas placas, mesmo elas tendo kits de produção diferentes.

Devido a popularidade e faixa de preço da série RTX 2000, especialmente das placas GeForce RTX 2060 SUPER, a NVIDIA incialmente tentou aumentar a produção desses modelos após o lançamento das placas GeForce RTX 3000, por utilizarem a GPU TU106, menor e de fabricação mais barata, com a intenção de tentar abordar o problema dos estoques baixíssimos de placas de vídeo no mercado.

- Continua após a publicidade -

Contudo, com a crise dos semicondutores se estendendo por cada vez mais tempo, diversos componentes que são comuns às diferentes séries GeForce RTX, além simplesmente das GPUs, também começaram a apresentar baixa de abastecimento, atingindo diversas etapas diferentes das cadeias de produção, forçando a empresa a focar a maior parte de seus recursos na nova linha.

Não é incomum que modelos anteriores mas muito populares sejam revividos com o tempo e disponibilidade de recursos, mas no atual momento, tudo indica que a NVIDIA pretende encurtar a vida da segunda geração das placas RTX em relação a modelos anteriores, e focar nos novos modelos, possivelmente forçando o mercado consumidor a buscar placas Ampere, não apenas pelo desempenho, mas principalmente pela eventual disponibilidade no varejo.

Fonte: TechPowerUp, Videocardz.com
Tags
  • Redator: Daniel Trefilio Carvalho

    Daniel Trefilio Carvalho

    Formado em Letras pela Universidade Estadual de Campinas, professor, tradutor e revisor. Nas horas vagas, instalando impressora e formatando PCs desde os tempos que Alone In The Dark era um jogo bom e ocupava 4 disketes.

Os jogos mais aguardados do segundo semestre de 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.