Créditos: Divulgação/COLORFUL

COLORFUL e NVIDIA criam primeiro museu mundial da história do GPU

O GPU History Museum fica em Shenzhen, na China e traz a evolução das placas de vídeo

A Colorful, em parceria com a NVIDIA, acaba de anunciar o Museu de História da GPU (GPU History Museum), localizado no Parque Industrial da Nova Geração de Shenzhen, na China. O museu traz desde os primeiros projetos de placas de vídeo, do final dos anos 1980, chegando ao que é conhecido como "as primeiras GPUs do mundo". Há diversas peças raras, expostas para os futuros visitantes, além de adaptadores e diversos equipamentos modernos.

Apesar dos primeiros projetos de placas gráficas terem começado aparecer no final de 1980, eles começaram de fato tomar um caminho para a indústria uma década depois. Em 1995 a NVIDIA lançou seu primeiro produto, com base no chip NV1. No entanto, o início da era "GeForce" começou apenas em 1999, com a GeForce 256, considerada a primeira GPU do mundo. Ela está exposta no museu, assim como os projetos anteriores.

Além da primeira GeForce, todas as demais gerações também estão dispostas nos corredores do museu. Como a Colorful fez parceria com a gigante, há um foco especial para os modelos das marcas. No entanto, também há uma série de outros produtos raros. Um deles é o Rage Fury MAXX,  a primeira placa de vídeo dual-chip da ATI, com dois chips Rage 128 Pro, chamado no museu de "Deusa Dawn". 

- Continua após a publicidade -

A Colorful também destaca que o museu abriga adaptadores gráficos desenvolvidos pela IBM, 3Dlabs, Intel, S3, Trident, 3Dfx e outras fabricantes importantes da indústria. Há um destaque especial para homenagear o eSports, principalmente na China, dando destaque para a marca iGame da dona do museu, uma das primeiras dedicadas para jogos.

Além de visitar e ver a história das placas de vídeo ao longo da história, também é possível aproveitar estações de jogos de 2021. O museu traz um espaço dedicado, com a melhor experiência que os jogadores podem ter atualmente. Os visitantes podem aproveitar para jogar confortavelmente em um simulador de corrida, ou no cockpit VR, aproveitando todas as novidades que a realidade virtual tem a oferecer.

O museu ainda não está aberto para visitação, mas estará em breve, segundo a Colorful. Quem tiver interesse em conhecer precisará viajar para Shenzhen, na China.

Via: Neowin, TechPowerUp, PCGamer
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.