Créditos: NVIDIA Taiwan/Reprodução

Smartphones não estão prontos para Ray Tracing, afirma CEO da Nvidia

Jensen Huang contraria ações da AMD, que trabalha em chip da Samsung com suporte para RT

O CEO da Nvidia, Jensen Huang, declarou que os smartphones não estão prontos para suportarem a tecnologia de Ray Tracing em tempo real. Essa afirmação contraria as ações da AMD, que está trabalhando em conjunto com a Samsung para lançar um chip que tenha suporte a Ray Tracing em tempo real.

De acordo com o diretor-executivo da Nvidia, a empresa não tem qualquer plano de trazer arquiteturas compatíveis com Ray Tracing para celulares ou dispositivos móveis. Ele ainda defende que o momento da tecnologia em aparelhos mobile ainda vai chegar, mas não é agora.

"Jogos com ray tracing são bem grandes, para ser sincero. O conjunto de dados é bem grande, e vai ter uma hora para isso. Quando for o momento certo, podemos considerar [a criação de um chip com ray tracing nos celulares]".
- Jensen Huang, CEO da Nvidia

"Jogos com ray tracing são bem grandes, para ser sincero. O conjunto de dados é bem grande, e vai ter uma hora para isso. Quando for o momento certo, podemos considerar [a criação de um chip com ray tracing nos celulares]".
- Jensen Huang, CEO da Nvidia

A declaração de Jensen foi proferida durante a Computex 2021, mas teve um timing bastante significativo. Isso porque, poucos dias antes, a CEO da AMD, Lisa Su, já estava falando exatamente sobre esse assunto.


Fonte: Samsung/Divulgação

- Continua após a publicidade -

Afinal, a AMD licenciou a sua arquitetura RDNA2 para a Samsung, com o seu uso confirmado na GPU do chipset Exynos 2200. Mais do que isso, Lisa Su confirmou que o SoC da fabricante sul-coreana terá sim suporte a Ray Tracing em tempo real.

"O próximo lugar onde você vai encontrar a RDNA2 será no mercado de celulares de alto desempenho. A AMD fez uma parceria com a líder da indústria Samsung para acelerar a inovação na área gráfica do mercado mobile, e estamos felizes em anunciar que vamos trazer nossa IP de gráficos customizados para o próximo SoC topo de linha da Samsung, com suporte a Ray Tracing e Variable Rate Shading. Estamos ansiosos para que a Samsung ofereça mais detalhes ainda neste ano".
- Lisa Su, CEO da AMD

"O próximo lugar onde você vai encontrar a RDNA2 será no mercado de celulares de alto desempenho. A AMD fez uma parceria com a líder da indústria Samsung para acelerar a inovação na área gráfica do mercado mobile, e estamos felizes em anunciar que vamos trazer nossa IP de gráficos customizados para o próximo SoC topo de linha da Samsung, com suporte a Ray Tracing e Variable Rate Shading. Estamos ansiosos para que a Samsung ofereça mais detalhes ainda neste ano".
- Lisa Su, CEO da AMD

Até hoje, a Samsung sempre utilizou GPUs Mali projetadas pela Arm em seus chipsets Exynos topo de linha. Claro que a história é diferente para os smartphones da empresa com SoCs Qualcomm Snapdragon, que usam chips gráficos Adreno.

No momento, a Nvidia está no processo de adquirir a própria Arm, o que pode resultar em sérias mudanças nesse mercado. A empresa tentou licenciar suas tecnologias GeForce para fabricantes de chips há anos, mas até hoje não obteve muito sucesso.

Espera-se que, caso a transação seja aprovada, a Nvidia poderá oferecer suas propriedades intelectuais de chips gráficos como parte das licenças da Arm.

Via: Tom's Hardware, Anand Tech
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.