Créditos: Divulgação: Intel

Intel lança CPUs para ultrafinos capazes de alcançar 5GHz

Empresa apresenta dois novos modelos de processadores da 11ª geração Core
Por Diego Kerber 31/05/2021 11:27 | atualizado 31/05/2021 11:28 Comentários Reportar erro

A Intel apresentou dois novos modelos de processadores para modelos ultrafinos da 11ª geração Intel Core, codinome Tiger Lake. Os modelos Intel Core i7-1195G7 e Intel Core i5-1155G7 trazem frequências mais altas para o line-up de CPUs pra dispositivos compactos.

Com esse update na linha, pela primeira vez um produto para o segmento de mobilidade será capaz de atingir frequências de 5GHz. É importante destacar que esse valor deve ser alcançado em apenas um núcleo, e que o projeto do notebook será importante para atingir esse patamar, já que o Core i7-1195G7 pode ser dimensionando em um projeto de aquecimento de 28W para buscar desempenho, ou reduzido para 12W em produtos com foco em portabilidade.

O ganho de frequências é de 100MHz comparado a outros modelos da linha nesses cenários de boost em um único núcleo, enquanto no boost de todos os núcleos simultaneamente o ganho foi mais expressivo, chegando a 300MHz comparado aos modelos antes disponíveis na linha. Assim o  Intel Core i7-1195G7 e Intel Core i5-1155G7 podem alcançar em todos os threads 4.6GHz e 4.3GHz, respectivamente.

Os gráficos ficam por conta do Intel Xe, nova tecnologia gráfica que pode trazer até 96 Unidades de Execução nos modelos mais potentes da linha. De acordo com a Intel, é viável um gameplay em 1080p em diversos títulos, inclusive usando Valheim para demonstrar uma performance 2,7x maior que modelos da rival AMD nesse cenário de ultrafinos. Em cenários de produtividade, a empresa apresentou diferenças maiores, com até 8x ganho em testes de codificação de vídeo:

- Continua após a publicidade -

Essas comparações são relevantes na estratégia da Intel de rebater o argumento das simples especiações técnicas. Nelas a AMD possui clara vantagem, como seu produto topo de linha do segmento ultrafino trazendo 8 núcleos e 16 threads, o dobro do que o modelo topo de linha Intel no setor. Nas comparações, a empresa busca mostrar que otimizações da microarquitetura e hardware acelerando alguns processos (como codificação/decodificação de vídeo) resultam em mais performance. Aqui no Adrenaline ainda não testamos a série 5000U para fazer uma comparação direta.

Os processadores da 11ª geração Intel Core para ultrafinos também trazem um enfoque na conectividade, com o suporte ao Wi-Fi 6E, e também traz iniciativas como o Intel EVO, uma categorização que ajuda o consumidor a delimitar os produtos que atendem a critérios de qualidade na experiência do usuário.

- Continua após a publicidade -

A Intel espera a chegada de 60 designs de notebooks com os dois novos processadores até o final do ano, de marcas como Acer, ASUS, Lenovo e MSI ainda nos próximos meses. Cerca de 250 designs com processadores Intel Core série U de 11ª geração devem chegar ao mercado até o final do ano.

Assuntos
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.