Créditos: Valve

CS:GO ganha update para impedir cheat de técnicos em partidas profissionais

Posições exatas dos técnicos ficarão salvas no backup de cada rodada

Counter-Strike: Global Offensive recebeu um novo patch no dia 27 de maio, trazendo as mudanças típicas esperadas nesse tipo de atualização, mas com uma pequena informação que faz bastante diferença. Visando impedir uma trapaça feita pelos técnicos dos times em partidas profissionais, agora a posição exata deles vai ser salva no backup de cada round para evitar exploits.

Como explica a PCGamer, o cenário competitivo de CS:GO em 2020 foi maculado não por alguns, mas por dezenas de técnicos se aproveitando de exploits no game para trapacear nas partidas. Basicamente, eles estavam usando um bug de espectador na partida, permitindo uma visualização completa do mapa para passar informações privilegiadas a seus times. Segundo o site, 37 técnicos foram banidos por usar o bug, sendo que quatro deles foram barrados para sempre de participar em campeonatos.

A mudança trazida pelo patch, então, vai tornar muito fácil de ver se o técnico estava se aproveitando do exploit ou não, o que deve desencorajar a pessoa de tentar pra começo de conversa. 

Mas claro que essa não foi a única mudança trazida pelo patch, apenas a que chamou mais atenção. A atualização também faz outras alterações, incluindo:

- Consertada a habilidade de estender a invulnerabilidade ao ficar usando o comando "open_buymenu" em partidas deathmatch
- O valor da armadura continua fixo durante a seleção de cards em Retakes
- Revisão da arte no bombsite B e na área ao redor
- Texturas de base com mais contraste no B para melhores leituras dos jogadores
- Colocação do ponto de spawn melhorada para os dois times

- Continua após a publicidade -

O assunto de vulnerabilidades e exploits em CS:GO tem sido uma pedra no sapato da Valve. Além dos problemas que a produtora precisa corrigir para manter a credibilidade de seus eventos, o jogo também apresenta vulnerabilidades que podem trazer consequências mais sérias para seus jogadores, como uma recém-divulgada que já é antiga e permite ataques hacker através de um simples convite para jogar.

Fonte: PCGamer
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.