Créditos: Reprodução/USB-C Adapters

USB-C 2.1 vai entregar até 240W, suficiente para notebooks gamers

O novo padrão consegue fornecer o dobro da capacidade com tecnologia EPR

O USB Implementers Forum (USB-IF) acaba de anunciar as especificações do USB-C versão 2.1. A grande modificação está na capacidade de entrega de energia, que foi dobrada, conseguindo fornecer até 240W. Isso indica que essa novidade pode ser usada em notebooks gamers em breve.

De modo geral, o padrão USB-C é limitado até 100W, para opções de notebooks finos e leves. Há alguns modelos que chegam a até 130W, mas isso rompe com o padrão. No entanto, máquinas com especificações mais altas exigem mais energia, algo que não podia ser entregue com o atual modelo de carregamento. Com essa alteração, a capacidade é suficiente para o fornecimento necessário, mesmo em laptops com placa de vídeo dedicada.

O grande objetivo do USB-IF é criar um modelo universal de carregamento. O sonho é que vários dispositivos possam ser carregados pelo mesmo padrão, sem precisar ter dezenas de tipos diferentes de cabos para fazer troca de energia. O USB-C e o Power Delivery trabalham para que isso seja possível. 

Segundo o site CNET, o novo padrão entrega potência de 240W graças a tecnologia Extended Power Range (EPR). Para ficar mais fácil de identificar esses cabos, o padrão vai trazer novos ícones visuais, diferentes do padrão, mostrando a maior capacidade e evitando acidentes. Além disso, as fabricantes também devem aderir ao novo conjunto de especificações para cabos USB-C. 

- Continua após a publicidade -

É importante que todas as medidas de segurança sejam seguidas. Isso porque com tensões mais altas, as chances de formação de arco elétrico, ao desconectar um cabo energizado, são maiores. No entanto, os carregadores com USB-C tendem a entregar maior segurança para os usuários.

O site Android Central informa que com a introdução do EPR é provável que os cabos SPR de alta velocidade sejam descontinuados. É esperado que os primeiros USB-C com suporte a EPR já sejam lançados no segundo semestre de 2021, podendo chegar ao mercado nos primeiros meses de 2022. De qualquer maneira, é possível que os próximos notebooks já integrem a novidade. 

Até o momento já foi confirmado que o novo padrão está em funcionamento em dispositivos fabricados pela AMD, Apple, Dell, Google, HP, Intel, Lenovo, LG, MediaTek, Oculus, Qualcomm, Samsung e outras. É esperado que essas fabricantes incentivem a mudança para a novidade logo nos próximos meses.

Via: XDA-Developers, Android Central, CNET
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.