Créditos: AMD

Escassez de chips aumenta preços das smart TVs em até 30% - e pode piorar

Notebooks, smartphones e headsets VR também devem enfrentar aumento dos preços
Por Luiz Schmidt 18/05/2021 15:52 | atualizado 19/05/2021 14:00 Comentários Reportar erro

A escassez global de chips está afetando diversos segmentos da indústria de tecnologia. O presidente da IBM anunciou recentemente, que a falta de chips pode durar anos antes da situação normalizar. Com as dificuldades enfrentadas por empresas como Sony e Microsoft, na manufatura dos consoles, não é provável que quem ainda não conseguiu adquirir seu console de nova geração, consiga adquirir um com facilidade durante o ano de 2021.

Segundo NPD, preço das Smart TVs subiu 30%

Além disso, agora é a vez das smart TVs sofrerem com a ausência de chips, de acordo com dados publicados pela NPD, o preço dos aparelhos aumentou em até 30%, se comparados com o mesmo período em 2020. Ao que tudo indica, a situação tende a piorar, pois smartphones, headsets VRs e notebooks também continuarão enfrentando problemas similares, com aumento de preços de forma generalizada.

Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC), é a maior empresa de semicondutores do mundo, e em entrevista recente o CEO da empresa, C.C Wei afirmou que a falta de chips só deve encerrar em 2022. "Nós não podemos eliminar a possibilidade de uma correção de inventário, de um overbooking ou de algo assim. Na verdade, nós esperamos que a demanda estrutura continue e vamos trabalhar de maneira próxima com nossos clientes para desenvolver alguma solução tecnológica para atingir as demandas dos nossos clientes e criar diferenciação e um valor duradouro para nossos clientes".

Presidente da IBM concorda com CEO da Intel e afirma que falta de chips pode durar anos

Presidente da IBM concorda com CEO da Intel e afirma que falta de chips pode durar anos
A demanda por chips cresce, mas a indústria não consegue acompanhar

- Continua após a publicidade -

A TSMC está investindo na abertura de fábricas no Arizona, mas os resultados desse investimento devem demorar para surtir efeito. Em 2020, a empresa Taiwanesa anunciou que investiria cerca de US$12 bilhões para construir uma fábrica de chips de 5nm. Segundo fontes da Reuters, a empresa considera aumentar o investimento de forma considerável ao construir outra fábrica de chips de 3nm, com custo de US$ 25 bilhões.

O presidente americano, Joe Biden, solicitou ao senado investimentos de US$ 50 bilhões para subsidiar instalações de fabricação de chips nos EUA. Como o país é dependente da fabricação de chips da Ásia, a medida busca aumentar fabricação de chips no território americano. 

Fonte: CNBC, Techpowerup
  • Redator: Luiz Schmidt

    Luiz Schmidt

    Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.