Créditos: Gigabyte/Divulgação

Gigabyte anuncia linha RTX 3060 Rev 2.0 com limitador para hash rate em versões LHR

Empresa menciona LHR como sigla para Lower Hash Rate

A Gigabyte anunciou ainda hoje novas variações da RTX 3060 com a reimplementarão para mineração de Etherium indicados pelos chips LHR (Lite Hash Rate). Os modelos anunciados são AORUS GeForce RTX 3060 ELITE 12G (rev. 2.0), GeForce RTX 3060 GAMING OC 12G (rev.  2.0), GeForce RTX 3060 VISION OC (rev. 2.0) e GeForce RTX 3060 EAGLE (OC) 12G (rev. 2.0).


GeForce RTX 3060 EAGLE 12G/OC (Imagem: Gigabyte)

Noticiamos há pouco tempo que a Nvidia pretendia substituir as placas de vídeo da geração Ampere do mercado por modelos com chips que podem receber a o limitador para mineração de Etherium via driver. Essa mudança seria feita não só na RTX 3060 mas também nas outras placas como a RTX 3070, RTX 3080 e RTX 3060 Ti. As GPUs com o limitador seriam indicados pela indústria como LHR (Lite Hash Rate).

Também vale destacar que há alguns dias a Galax anunciou suas versões LHR da RTX 3080 e RTX 3070 afirmando que a sigla na verdade indicava Lower Hash Rate, no entanto, os materiais de divulgação dessas novas versões da Gigabyte claramente se referem a Lite Hash Rate


Imagem: Gigabyte


GeForce RTX 3060 GAMING OC 12G (Imagem: Gigabyte)

- Continua após a publicidade -

Todos esses modelos da Gigabyte compartilham várias das especificações por serem baseados na mesma GPU. As principais diferenças notadas são no design e na frequência de operação, já que a GeForce RTX 3060 EAGLE 12G (rev. 2.0) opera em 1777 MHz (o mesmo que o modelo referência da Nvidia) enquanto a AORUS GeForce RTX 3060 ELITE 12G (rev. 2.0) opera em 1867 MHz de acordo com as especificações divulgadas pela Gigabyte.


GeForce RTX 3060 VISION OC 12G (Imagem: Gigabyte)

Todos esses modelos da GeForce RTX 3060 anunciados pela Gigabyte contam com 3584 núcleos CUDA e 12GB de memória VRAM no padrão GDDR6 operando em 1500 MHz numa interface de 192-bit.


AORUS GeForce RTX 3060 ELITE 12G (Imagem Gigabyte)

Gigabyte é a primeira a anunciar sua CMP 30HX para mineração

- Continua após a publicidade -

A Nvidia está seguindo com a sua estratégia de separar artificialmente a competição entre os seus consumidores do seguimento gamer e de mineradores limitando não só limitando a performance em Hash Rate das placas de vídeo RTX mas também lançando modelos CMP (Crypto Mining Processors) baseados na arquitetura Turing especializados em mineração de criptomoedas. 

Via: Neowin, TechPowerUp Fonte: AORUS Elite rev 2.0, Gaming OC Rev 2.0, Vision OC Rev 2.0, EAGLE OC Rev 2.0, EAGLE Rev 2.0
  • Redator: Diego Amorim

    Diego Amorim

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.