Créditos: Sony

PS5 deve continuar em falta: Sony espera baixos estoques até 2022, diz jornal

Executivo teria avisado analistas que grande demanda e baixo suprimento devem continuar

O PS5 deve continuar sendo uma "raridade' até o ano que vem no mínimo, segundo informações que um executivo da Sony teria passado para analistas de mercado. O pronunciamento não foi oficial e aberto ao público, mas a Bloomberg reporta que o CFO da empresa, Hiroki Totoki, teria dito a especialistas de mercado que a empresa não espera que a demanda pelo console diminua, nem que o suprimento melhore, até 2022.

"Eu não acho que a demanda vai se acalmar neste ano e mesmo que se nós conseguirmos muito mais dispositivos e produzirmos muito mais unidades do Playstation 5 no ano que vem, nosso suprimento não seria capaz de alcançar a demanda."

"Eu não acho que a demanda vai se acalmar neste ano e mesmo que se nós conseguirmos muito mais dispositivos e produzirmos muito mais unidades do Playstation 5 no ano que vem, nosso suprimento não seria capaz de alcançar a demanda."

A demanda impressionante pelo PS5 - que fez o console alcançar a impressionante marca de 7,8 milhões de unidades vendidas ainda no final de março - pode parecer o sonho de qualquer fabricante. A Sony inclusive esperar conseguir vender mais ou menos 14,8 milhões de consoles do PS5 até o final deste ano fiscal. Mas não é apenas com bons olhos que a empresa enxerga a presente situação.

Isso porque os estoques constantemente esgotados significam que a Sony poderia estar vendendo ainda mais unidades do PS5. A pandemia, que justamente atrapalhou as cadeias de produção e ajudou na mudança de demanda por semicondutores, também é um excelente momento para a venda de vídeo games, uma vez que as pessoas "presas" em casa enxergam mais vantagem em investir no entretenimento doméstico.

Mas levando-se em conta a fala do CFO, a empresa parece ainda esperar uma fortíssima demanda no ano que vem, em que a produção do console deve melhorar um pouco.

- Continua após a publicidade -

A popularidade de um console no lançamento é algo bastante valorizado pelas fabricantes porque gera "ondas" que facilitam seu posicionamento ao longo da geração. Entre elas, o interesse dos próprios desenvolvedores de games, que vão oferecer a base de jogos para a plataforma. O sucesso do PS5 já garantiu que a plataforma esteja em segundo lugar no interesse de desenvolvedores, segundo pesquisa da GDC - atrás somente do PC.

Via: Engadget Fonte: Bloomberg
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.