Créditos: Divulgação / AMD

AMD pode lançar FidelityFX Super Resolution (FSR) em junho, sugere canal do YouTube [Rumor]

O rumor foi divulgado por Coreteks, canal com histórico de vazamentos sobre a AMD
Por Guilherme Pinheiro 08/05/2021 15:35 | atualizado 08/05/2021 20:57 Comentários Reportar erro

Muito se especula sobre o potencial do FidelityFX Super Resolution (FSR), resposta da AMD para o Deep Learning Super Sampling (DLSS) da Nvidia. Para botar mais lenha na fogueira dos rumores, o canal de YouTube conhecido como Coreteks divulgou uma informação que ainda não está confirmada oficialmente, mas pode significar, possivelmente, que a estreia desse valioso recurso não esteja tão distante.

Segundo o rumor, a empresa já disponibilizou a tecnologia para alguns desenvolvedores, e será lançada em breve - junho de 2021. Ainda não foram veiculados detalhes sobre ganhos de desempenho - apenas foi falado que a "performance parece boa", mas sem números de medições específicas para compararmos.

Diferentemente do DLSS, que é executado no final do pipeline gráfico, o FidelityFX Super Resolution seria utilizado antes, não demandando tanto da equipe de desenvolvimento e eliminando a necessidade do treinamento de inteligência artificial. O resultado final desejado seria obtido mais facilmente, viabilizando que a tecnologia chegue o mais rápido possível para os jogadores.

Oficialmente, foi afirmado pela AMD que o FSR seria lançado ainda neste ano; contudo, esta informação estipulando a data para junho carece de fontes definitivas - apesar do histórico positivo do canal de YouTube mencionado.

- Continua após a publicidade -

Coreteks também comentou que as funcionalidades do kit de ferramentas FidelityFX seriam compatíveis não apenas com as placas de vídeo da empresa, como também com os hardwares da Nvidia. Apesar de não ser impossível algo assim acontecer, só o tempo dirá se a AMD tem interesse em fornecer um pacote de otimizações que também melhore o desempenho da concorrência.

O principal diferencial que muitos consumidores esperam do FSR é que, finalmente, torne o Ray Tracing em placas de vídeo AMD mais funcional e acessível, possibilitando um jogo rodar com boa taxa de quadros por segundo (FPS), para que assim seja possível desfrutar, simultaneamente, dos novos efeitos visuais somados com boa fluidez - assim como o DLSS, principalmente o 2.0, fez com as placas do segmento RTX.

Impacto negativo mínimo na qualidade da imagem e desempenho otimizado, basicamente são os dois fatores que tornam essa tecnologia uma novidade tão aguardada não apenas para quem joga no PC, mas também nos consoles da atual geração - Xbox Series S|X e PlayStation 5.

Fonte: Coretek, guru3d
Assuntos
  • Redator: Guilherme Pinheiro

    Guilherme Pinheiro

    Formado em jornalismo pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS). Fã de videogames desde os 6 anos de idade, sendo o seu hobby preferido desde então. Passou por diversas gerações de consoles, do NES até o PlayStation 5.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.