Créditos: Asus/Divulgação

Vazam testes da ASUS CMP 40HX - placa pode chegar por US$ 699 no lançamento

A placa apresentou resultados melhores que os anunciados pela Nvidia

O site VideoCardz compartilhou ainda hoje (26) uma imagem que mostra supostos testes feitos com um modelo da Nvidia CMP 40HX da ASUS. A imagem mostra que a nova placa de vídeo focada em mineração consegue atingir 43.77 MH/s (acima do anunciado pela fabricante). A mesma fonte da imagem também deu a informação que a placa deve ser lançada no mercado por US$ 699.

AMD confirma que não vai bloquear
mineração em suas placas de vídeo

A CMP 40HX da Nvidia baseada no chip TU106-100 da microarquitetura Turing deve contar com 8GB de memória GDDR6 e TDP de 185W. A fabricante havia afirmado que esse modelo conseguiria entregar uma performance em mineração de cerca de 36 MH/s, no entanto, a imagem fornecida ao VideoCardz mostra a placa alcançando 43.77 MH/s e consumindo apenas 135W.


ASUS CMP 40HX em ação (Imagem: VideoCardz/Reprodução)

Muito provavelmente o minerador otimizou as configurações de frequência de memória da placa de vídeo para entregar uma performance em hash rate 21% acima do esperado. Dessa forma, a eficiência de mineração mostrada alcança impressionantes 400 KH/W.

A mesma fonte da imagem (DBS CONSTRUCTION) também atualizou ao site o provável preço de lançamento CMP 40HX, que deve ser de US$ 699. Anteriormente a CMP 30HX da ASUS deveria custar US$799, mas a parceira deve mudar o seu preço de lançamento para US$ 599.

- Continua após a publicidade -

Vazamento sugere que GeForce RTX 3080 Ti
terá conector de energia no fundo da placa

Também vale destacar que essa mesma fonte desses resultados de testes com a CMP 40HX já divulgou algumas imagens de um modelo da ASUS da CMP 30HX recentemente. A placa terá um design relativamente simples baseado na GTX 1660 Super Dual EVO e será equipada com 6GB de memória GDDR6.

Fonte: Videocardz
Tags
  • Redator: Diego Amorim

    Diego Amorim

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.