Créditos: Divulgação/Sony

Sony registra patente de IA que aprende e imita a maneira como você joga

A tecnologia poderia ser usada como um substituto que entra em seu lugar para passar de trechos difíceis
Por Felipe Gugelmin 23/04/2021 19:03 | atualizado 23/04/2021 19:03 Comentários Reportar erro

A Sony Interactive Entertainment registrou recentemente uma patente de uma tecnologia de inteligência artificial capaz de aprender e imitar a maneira como um jogador se comporta. Segundo a descoberta realizada pelo site Segment Next, os documentos da empresa descrevem cenários nos quais um bot alimentado por essas informações pode assumir o controle para realizar tarefas para o jogador.

As aplicações práticas da tecnologia incluem momento em que o jogador chama o “substituto” para passar de um chefe difícil ou para ganhar experiência para ele (o famoso grind). A patente também descreve situações em que uma pessoa muito ocupada poderia usar a inteligência artificial para avançar em partes específicas de um game enquanto ela está dedicada ao trabalho ou outras atividades.

Imagem: Reprodução/USPTO

O que diferencia o uso da tecnologia de outras opções automáticas é justamente o fato de ela tentar se aproximar ao máximo da maneira como o jogador se comportaria diante de certas situações de jogo. A Sony acredita que isso derrubaria as barreiras para a aceitação de uma solução do tipo, tornando as pessoas mais confortáveis em usá-la tanto em partida single player quanto multiplayer — ou seja, as linhas entre jogadores “reais” e “bots” ficariam muito mais borradas.

IA que aprende e evolui sozinha

A patente registrada pela Sony também afirma que a inteligência artificial não dependeria somente das habilidades do jogador para aprender. Caso ela encontre um obstáculo que não consegue passar, por exemplo, poderia acessar automaticamente informações online (como guias ou vídeos de gameplay) para aprender a completar uma tarefa ou passar por um obstáculo.

Outras patentes recentes da empresa indicam que ela ao menos estuda introduzir uma versão aprimorada do controle Dual Sense e já cogitou formas de tornar qualquer objeto — incluindo bananas — em controladores de jogo. Como todo documento do tipo, a existência dos registros não significa necessariamente que eles vão se tornar produtos comerciais, o que também não descarta essa possibilidade.
 

Fonte: Segment Next, USPTO
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

Em jogos single-player como Resident Evil Village, você prefere:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.