Créditos: Divulgação/Intel

Intel aposta em chips x86 customizados para competir com arquitetura ARM

A companhia pretende abrir suas tecnologias e propriedades intelectuais para bater a arquitetura rival
Por Felipe Gugelmin 23/04/2021 18:37 | atualizado 23/04/2021 18:37 Comentários Reportar erro

Presente em chips como o M1 da Apple, a arquitetura ARM surge com o potencial de dominar o mercado e expandir seus domínios muito além do segmento mobile. No entanto, o CEO da Intel, Pat Gelsinger, afirma não temer o avanço da concorrente e aposta que um sistema de parcerias deve ajudar a manter a arquitetura x86 como algo dominante na indústria.

Em uma reunião recente com acionistas, Gelsinger afirmou que um novo sistema de chips customizados desenvolvidos em parcerias com outras empresas pode mudar a maneira como as pessoas pensam sobre o x86. Questionado sobre a possibilidade de a arquitetura ser licenciada para outras fabricantes, o executivo respondeu de maneira positiva e afirmou que isso faz parte de seus planos futuros.

Gelsinger explicou que, no passado, a Intel não oferecia a seus parceiros a flexibilidade necessária para que eles aplicassem chips da maneira que desejavam. “Dávamos a eles os produtos padrão, que possuem muitas capacidades, mas particularmente para os caras da nuvem, eles diziam que não usavam esses recursos específicos”, afirmou o CEO, conforme reprodução do site Seeking Alpha.

Abrindo as portas das propriedades intelectuais

Em geral, pensamos que tornar o x86 disponível dessa maneira é poderoso. Há trilhões de linhas de código que foram otimizadas para o x86. Esse é um ecossistema poderoso que continua a ter grandes inovações e capacidades associadas a ele”, afirmou Pat Gelsinger.

Em geral, pensamos que tornar o x86 disponível dessa maneira é poderoso. Há trilhões de linhas de código que foram otimizadas para o x86. Esse é um ecossistema poderoso que continua a ter grandes inovações e capacidades associadas a ele”, afirmou Pat Gelsinger.

Entre os elementos recentes que valorizam a arquitetura citados pelo CEO está a integração de IA com as instruções centrais de produtos pertencentes à linha Ice Lake. Ele reforçou que a companhia pretende continuar investindo em inovações que vão transformar e aprimorar toda a sua linha de produtos, seja para o consumidor final ou para áreas como centros de dados.

- Continua após a publicidade -

O executivo da Intel também afirmou que a empresa “está abrindo as portas de suas propriedades intelectuais”, o que inclui tecnologias de embalagem e outros processos. Além disso, a companhia vai reforçar seus investimentos em plantas de fabricação proprietárias, tendo dedicado mais de US$ 20 bilhões à construção de uma nova fundição.
 

Via: PC Gamer Fonte: Seeking Alpha
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.