Créditos: Reprodução/The Wall Street Journal

Discord encerra conversas sobre possível venda para a Microsoft [RUMOR]

Os donos da startup decidiram apostar em uma oferta pública de ações para trazer dinheiro à plataforma
Por Felipe Gugelmin 20/04/2021 19:32 | atualizado 20/04/2021 19:32 Comentários Reportar erro

Um dos maiores rumores do ano foi encerrado oficialmente nesta terça-feira (20): segundo o Wall Street Journal, o Discord encerrou as conversas que poderiam levar a uma aquisição bilionária de seu comunicador pela Microsoft. Segundo relatos divulgados em março, a companhia de Seattle estaria interessada em investir US$ 10 bilhões no sistema conhecido por oferecer ferramentas de comunidade relacionadas ao mundo dos jogos.

A publicação afirma que os responsáveis pela Discord Inc. decidiram interromper as negociações de venda para voltar a estudar a possibilidade de realizar uma oferta inicial de venda de suas ações (o popular IPO). No entanto, isso não descarta a possibilidade de que uma negociação volte a entrar na mesa futuramente — até mesmo com a própria Microsoft.

A reportagem do Wall Street Journal afirma que pelo menos três grandes empresas estavam interessadas na aquisição do sistema, mas que somente a dona do Xbox avançou até discussões mais avançadas. Isso significa que as demais concorrentes não estavam dispostas a fazer ofertas tão atraentes quanto a que parece ter sido descartada no momento.

Discord possui mais de 140 milhões de usuários mensais

Segundo uma reportagem divulgada pelo TechCrunch em dezembro de 2020, o Discord recebeu recentemente um financiamento de US$ 150 milhões adicionais na época. Com mais de 140 milhões de usuários ativos mensalmente, o mensageiro foi avaliado em US$ 7 bilhões no final do ano passado, o dobro de uma avaliação realizada 6 meses antes.

Imagem: Reprodução/Discord

Com esse crescimento em valor, os criadores da plataforma podem estar mais interessados em lucrar com a abertura de suas ações no mercado do que vendê-la a uma empresa específica — por um valor menor do que ela seria avaliada na bolsa. Consultadas pelo Kotaku, ambas as empresas se recusaram a comentar publicamente o assunto.

- Continua após a publicidade -

Segundo o The Verge, embora o Discord tenha relatado US$ 130 milhões em receita, a plataforma ainda não é lucrativa. Entre os aspectos do sistema que despertam o interesse da Microsoft (e de outros compradores) estão as comunidades formadas de maneira orgânica, que se centram tanto em grandes produtos e criadores de conteúdo quanto em grupos pequenos de amigos.

Via: The Verge, Kotaku Fonte: The Wall Street Journal
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.