Créditos: Nvidia

NVIDIA quer colocar IA para controlar efeitos haptics dentro dos jogos

Machine learning pode aumentar imersão e providenciar respostas mais precisas na interação entre jogo e jogador

Todos os anos, diferentes empresas tentam promover experiências mais significativas e envolventes dentro dos jogos. Recentemente, o DualSense, controle do Playstation 5, trouxe novos avanços ao introduzir a mecânica haptics feedback (feedback tátil), inovando a interação entre jogadores e jogo.

Porém, muitas dessas soluções contam com efeitos haptics pré-programados. Segundo um grupo de pesquisadores da NVIDIA, é possível revolucionar a experiência tátil através do machine learning (aprendizado de máquina). Uma patente publicada recentemente, já registrada desde setembro de 2019, apresentou um algoritmo inteligente que pode aprender a detectar recursos específicos, e produzir uma resposta tátil adequada em qualquer hardware que esteja conectado.

Segundo trecho da patente publicada, a tecnologia poderá ser aplicada para ampla variedade de recursos de hardware e software. "A presente patente fornece interface de controle que induz de forma inteligente efeitos táteis, usando em particular machine learning para detectar recursos específicos no conteúdo e, em seguida, induzir efeitos para esses recursos".

Governo Britânico tenta impedir a NVIDIA de comprar a ARM

Governo Britânico tenta impedir a NVIDIA de comprar a ARM
Enquanto CEO da NVIDIA acredita que aquisição será concluída em 2022, governo Britânico questiona a compra por razões de segurança nacional

Aparentemente, a interface de controle, irá necessitar treinamento antes de executar suas ações independentemente. Independente do formato final que a nova tecnologia tomar, a NVIDIA está investindo com força no mercado para IA, o que inclui o primeiro CPU da NVIDIA para servidores, chamado Grace.

- Continua após a publicidade -

Além disso, a NVIDIA adquiriu a fabricante de chips ARM pelo valor de US$ 40 bilhões, a maior transação da história da NVIDIA. A recente transação deve ser concluída no ano de 2022, isso se o governo do Reino Unido, país onde está localizada a sede da ARM, permitir que o acordo seja finalizado.

Recentemente, o Reino Unido, entrou com uma ação de segurança nacional, a fim de impedir a transação. O jornalista Diego Kerber conversa sobre a drástica mudança no panorama da tecnologia, caso a aquisição seja concluída. Para entender um pouco mais sobre o assunto, assista o vídeo abaixo.

Fonte: PC Gamer
Tags
  • Redator: Luiz Schmidt

    Luiz Schmidt

    Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

Em jogos single-player como Resident Evil Village, você prefere:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.