Créditos: ZDNet

Chia: nova criptomoeda trará HDDs e SSDs para a "mineração"

A validação do ativo, feito pelo criador do BitTorrent, acontece com espaço de armazenamento
Por Mateus Mognon 19/04/2021 16:18 | atualizado 19/04/2021 16:39 Comentários Reportar erro

As criptomoedas estão tocando o terror no mercado de placas de vídeo atualmente, mas um novo ativo digital está chegando para mudar o foco do setor. Estamos falando da Chia, um criptoativo que está em crescimento na China e pode mexer nos preços de HDDs e SSDs.

Desenvolvida pelo criador do BitTorrent, Bram Cohen, a Chia tem como objetivo ser uma criptomoeda mais ecológica que soluções como o Bitcoin e Ethereum. Enquanto os criptoativos que estão em alta atualmente consomem bastante energia com processamento de GPU, a nova moeda digital mira no armazenamento, que é uma solução mais sustentável.

"Acreditamos que a criptomoeda deve ser mais fácil de usar do que dinheiro, mais difícil de perder e quase impossível de roubar", explica o site oficial da criptomoeda. "Qualquer pessoa que queira validar transações deve ser capaz de trabalhar sem hardware descartável ou uma grande conta de eletricidade."


(Imagem: Chia/Reprodução)

Além de consumir menos energia, os SSDs e HDDs são mais baratos, garantindo uma maneira acessível de operar com o ativo. Mesmo com a queda nos gastos, as transações ainda seguem os padrões de privacidade e segurança que vemos no Bitcoin, mas de uma forma diferente.

As criptomoedas que ganharam o mercado financeiro operam com o "proof work", ou prova de trabalho, que utiliza o processamento da GPU para realizar as transações. A Chia usa o modelo de "prova de tempo e espaço", que, como o nome indica, usa o armazenamento alocado em um disco para validar o negócio.

- Continua após a publicidade -


A Chia utiliza o armazenamento para validar transações. (Imagem: Mateus Mognon/Captura de tela)

Estocando armazenamento

Enquanto já é possível baixar o blockchain da Chia neste site, a criptomoeda ainda não está disponível para compra no mercado, como o Bitcoin e Ethereum, mas os mineradores já estão se preparando para a chegada do novo ativo. Segundo informações do HKEPC, algumas pessoas já estão comprando HDDs e SSDs em larga escala na China. 

Em Hong Kong, os interessados na criptomoeda estão garantindo discos de armazenamento com capacidades que vão de 4 TB até 18 TB. A fabricante Jiahe Jinwei, que é uma das maiores do mercado chinês, também disse que está sem estoque para seus principais SSDs NVMe de 1 TB e 2 TB.

Enquanto ainda é cedo para entrar em pânico, as declarações já apontam que os mineradores estão confiantes no novo ativo, o que pode mexer com os estoques e preços de dispositivos de armazenamento. O Tom's Hardware nota, porém, que os HDDs e SSDs empresariais podem ser mais vantajosos para o uso com a moeda digital, visto que trazem mais foco na durabilidade, capacidade e desempenho.

Via: Tom's Hardware, Chia
Tags
ssd
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.