Créditos: Divulgação/Valve

CS:GO tem vulnerabilidade antiga que permite ataque hacker em PCs

O problema já havia sido relatado em 2019, mas ainda em 2021 pode ser explorado

Um grupo de hackers, chamado de The Secret Club, encontrou um bug antigo em Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO). A invasão é enviada via um convite enviado do Steam, convidando para jogar o game. Assim que o usuário clica no link o seu PC fica vulnerável à ataques, permitindo que o invasor tenha acesso a todas as informações pessoais dos usuários. 

Segundo o The Secret Club, esse é um bug antigo, que já pode ter deixado vários usuários vulneráveis. A implementação do vírus no computador é muito rápida. O usuário recebe o convite, clica no link e pronto, é o suficiente para seu PC estar totalmente vulnerável. A ação foi mostrada no vídeo abaixo:

O exploit foi descoberto no motor do jogo desenvolvido pela Valve. Portanto, é possível que vários outros títulos também estavam exposto ao bug. No entanto, como se trata de um vírus antigo, diversos títulos já corrigiram o problema com atualizações. Isso não aconteceu com Counter-Strike: Global Offensive, que ainda permite o ataque, como visto no vídeo.

Essa não é a primeira vez que o exploit é identificado. O pesquisador de segurança Florian já havia relatado o problema para a Valve em 2019. O problema foi enviado para a desenvolvedora pelo HackerOne, uma plataforma de bounty de bug que o estúdio usa. A empresa classificou o bug como "crítico", mas o próprio responsável pelo aviso conta ao Motherboard que o estúdio admitiu que a correção estava “lenta para responder”.

- Continua após a publicidade -

Dois anos após o aviso o mesmo bug ainda não foi totalmente corrigido. CS:GO é um título muito popular na Steam, o que torna o convite muito atraente aos jogadores. É possível que muitos outros usuários tenham problemas caso o bug não seja resolvido. 

A Valve ainda não se pronunciou sobre uma nova atualização para corrigir o problema. Como o bug já foi resolvido em outros títulos, é possível que a empresa trabalhe para trazer a correção o mais cedo possível para os jogadores, via update. Nada ainda foi confirmado oficialmente pela desenvolvedora.

Caso receba convites relacionados, não clique no link. 

Via: The Verge
Tags
  • Redator: Ana Luiza Pedroso

    Ana Luiza Pedroso

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.