Créditos: Moore's Law is Dead

Vaza imagem da Intel Xe-HPG (DG2), placa que pode ser competidora da RTX 3070

Foto de uma amostra de engenharia supostamente mostra a GPU dedicada da Intel
Por João Gabriel Nogueira 09/04/2021 16:27 | atualizado 09/04/2021 18:56 Comentários Reportar erro

Faz muito tempo que a Intel anunciou sua linha Xe de GPUs, com a promessa de entrar no segmento de placas de vídeo dedicadas para computadores domésticos. Enquanto a empresa tem "ensaiado" a distribuição de sua nova geração de soluções gráficas, agora tivemos o vazamento do que pode vir a ser a primeira placa propriamente dita da empresa, uma amostra de engenharia da Intel Xe-HPG (DG2).

A imagem acima foi divulgada por um youtuber conhecido como Moore's Law is Dead, que tem um histórico de já ter acertado vazamentos relacionados à Intel. Temos fotos de uma placa supostamente equipada com 512 Execution Units em diferentes ângulos, todas cobertas pela marca d'água do youtuber. Na verdade, quando a pessoa se preocupa tanto assim em assinar seu vazamento, pode acabar sendo mais um sinal de que as imagens são legítimas.

É sempre bom lembrar que amostras de engenharia, mesmo que reais, às vezes não refletem exatamente como o produto finalizado vai ser. O pessoal do VideoCardz, por exemplo, cita fontes próprias que dizem que a Intel Xe-HPG que vai chegar às prateleiras vai usar um cooler na cor branca. 

Para essa amostra, é relatado um boost clock de até 2.2 GHz, 16GB de memória GDDR6 com um bus de 256-bit. O TDP fica por conta de 275W, um número um tanto maior do que os vazamentos iniciais que apontavam uma faixa entre 225 e 250W. Podemos ver nas fotos também que essa amostra usa configuração de 8 pinos + 6 pinos para energia.

- Continua após a publicidade -

Ainda segundo informações não oficiais, rumores dizem que essa amostra de engenharia vai resultar numa placa com performance entre a RTX 3070 e a RTX 3080. Se for um pouco melhor que a 3070, com um preço numa faixa próxima, é com essa placa que a GPU da Intel deve competir diretamente no lançamento. 

Não apenas isso, mas enfatizando um possível plano da Intel de competir com a Nvidia, a empresa estaria desenvolvendo também um competidor para o DLSS, que internamente é conhecido como XeSS. Assim, as família de GPUs baseadas em DG2 suportariam ray tracing acelerado por hardware e contariam com uma tecnologia própria, exclusiva, de upscale de resolução.

As más notícias para quem está empolgado com as soluções da Intel é que Moore's Law is Dead diz que não espera que a empresa vai poder oferecer um produto para o público até o fim deste ano. Uma disponibilidade mais ampla deveria ser esperada para apenas 2022.

Fonte: VideoCardz
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.