Google abandona suporte a vídeos H.264 HTML5 no Chrome

O Google anunciou hoje que estÁ abandonando o suporte para vídeos H.264 no HTML5 do Chrome. A empresa alega que passarÁ a apoiar apenas padrões abertos para compartilhamento de vídeo.

Apesar da popularidade crescente do formato H.264, a medida pretende impulsionar a adoção do WebM, formato aberto para streaming de vídeo baseado em VP8 e Ogg Theora que é patrocinado pelo Google.

A empresa espera que os sites migrem voluntariamente seus vídeos HTML5 para WebM. Ainda não se sabe se alguma extensão ou plugin vai manter o suporte a H.264 no Chrome.

Abandonar o H.264 pode ser uma manobra arriscada, mesmo para o Google. A maior parte dos vídeos em HTML5 da web usam o formato, que é suportado pelo iPad e vÁrios outros dispositivos que não têm suporte a Flash.

Apesar disso, o suporte ao H.264 nos navegadores requer o pagamento de uma licença cara que, ao que parece, o Google não quer pagar.

A medida do Google com certeza vai incomodar concorrentes que apostam no H.264. O grupo MPEG-LA, a Apple e a Microsoft alertaram que o WebM pode estar violando patentes e enfrentaria problemas legais relacionados ao pagamento de royalties.

ComentÁrios no blog da empresa também acusam o Google de hipocrisia por causa da sua relação com a Adobe. Suas intenções de não só apoiar o uso do formato proprietÁrio Flash, mas de integrÁ-lo diretamente ao Chrome contradizem a ideia de apoiar formatos de vídeo abertos. 

- Continua após a publicidade -

Assuntos
Tags
  • Redator: Alexandre Lunelli

    Alexandre Lunelli

    Estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Alexandre é um entusiasta da fotografia, música, e demais áreas que não cansem muito. Fã da comunidade opensource, e sonha com um mundo mais bonito, igualitário e sem o trabalho, mal que corrompe a humanidade.

Em um remake, você quer:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.