Créditos: Divulgação/ASUS

ASUS: chips da NVIDIA sofrem com rendimentos das linhas de produção

Problemas nas fundições da Samsung podem explicar disponibilidade limitada das placas de última geração
Por Felipe Gugelmin 27/03/2021 10:08 | atualizado 27/03/2021 10:08 Comentários Reportar erro

Em uma ligação com investidores realizada no dia 17 de março, a ASUS apontou um dos principais motivos pelos quais está tendo dificuldades em entregar GPUs de última geração aos consumidores. Segundo a empresa, as linhas de produção da NVIDIA estão apresentando rendimentos abaixo do esperado, o que prejudica o fornecimento para companhias parceiras.

Nossa suposição é que essa lacuna pode ter sido causada por rendimentos mais baixos na produção. Quanto a quando a [NVIDIA] pode aumentar esse rendimento, isso é algo difícil de prever”, afirmou um representante da ASUS em uma fala reproduzida pelo site TechPowerUp.

Nossa suposição é que essa lacuna pode ter sido causada por rendimentos mais baixos na produção. Quanto a quando a [NVIDIA] pode aumentar esse rendimento, isso é algo difícil de prever”, afirmou um representante da ASUS em uma fala reproduzida pelo site TechPowerUp.

Segundo a fabricante, a falta de componentes está causando a disparidade entre a demanda e a oferta de produtos, que seguem em falta nas prateleiras de todo o mundo. Um exemplo de como isso está afetando lojistas é a GameStop que, embora tenha iniciado a venda de placas de vídeo através de seu site, não possui estoque para atender aos consumidores no momento.

Tempestade perfeita

Embora as declarações da ASUS somente especulem o que está acontecendo com a NVIDIA, o baixo rendimento das linhas de produção pode ser uma explicação mais fácil de acreditar do que a narrativa de que a empresa não acreditava que as novas RTX teriam uma alta demanda. A NVIDIA atualmente usa o processo de fabricação em 8nm da Samsung, enquanto no passado apostava nos serviços da TSMC, e uma mudança de parceira na fundição pode trazer consequências inesperadas.

Imagem: Divulgação/ASUS

Ao mesmo tempo em que a demanda dos consumidores finais está alta, o mercado de criptomoedas continua aquecido e consumindo boa parte dos poucos estoques que chegam às lojas — muitas vezes com o uso de bots no processo de compra. A situação também tem afetado os preços de GPUs mais antigas, que passam a ser opções para quem não tem a opção de esperar para montar um PC.

- Continua após a publicidade -

No Brasil, a situação se torna ainda mais grave graças às flutuações de nossa moeda, o que nos deixam em desvantagem diante de um cenário global que passa por uma “tempestade perfeita” de falta de GPUs. Diante desse cenário, quem deseja jogar sem gastar muito pode ter que deixar os PCs de lado no momento atual e apostar em soluções mais viáveis, como o Xbox Series S — ao menos até a situação se acalmar.
 

Fonte: TechPowerUp
Tags
  • Redator: Felipe Gugelmin

    Felipe Gugelmin

    Jornalista com 10 anos de experiência nas áreas de tecnologia e games, gosta de estar por dentro das últimas tendências e novidades. Dedica boa parte do tempo livre a jogar (representante da PC Master Race), mas também arranja um tempo para a vida social, leituras e dar passeiros com seu cachorro.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.