Créditos: Intel

Intel anuncia Adaptive Boost Technology para o Core i9-11900KF e Core i9-11900K

A tecnologia ajuda a manter vários núcleos operando em altas frequências

A Intel recentemente anunciou que a sua 11ª geração de processadores Rocket Lake-S ganharão mais uma tecnologia de controle de frequências chamado Adaptive Boost Technology (ABT), que analisa as condições do sistema e aplica um "overclock" em mais núcleos quando eles estão em operação. Apenas o Core i9-11900K e i9-11900KF receberão o recurso.

A tecnologia deve trabalhar junto com o Thermal Velocity Boost (TVB) e o Turbo Boost para garantir frequências maiores em diversos núcleos quando mais que dois deles estão sendo usados pelo sistema. A Intel compartilhou um gráfico que esquematiza como a nova tecnologia deve funcionar:

Gráfico divulgado pela Intel
Esquema mostrando como o Adaptive Boost Technology vai atuar nos processadores da Intel (Imagem: Intel)

Basicamente, se o processador está operando com apenas um ou dois núcleos e a sua temperatura está abaixo de 70ºC, o Thermal Velocity Boost consegue manter suas frequências em 5.3 GHz. No entanto, se em algum momento mais núcleos entrarem em ação, o TVB não consegue mantê-los operando com clocks muito elevados.

Nessas situações, enquanto o TVB mantém os dois primeiros núcleos operando em 5.3GHz, o Adaptive Boost Technology entra em ação e deixa todos os outros núcleos operando em até 5.1GHz. Se observarmos o gráfico, sem essa nova implementação, os últimos núcleos alcançariam frequências entre 4.7 e 4.9GHz.

No entanto, é importante destacar que o Adaptive Boost analisa as condições de aliemtação e temperatura do processador para realizar esse "overclock". Logo, as frequências alcançadas vão depender diretamente desses fatores que, se estiverem muito favoráveis, pode até permitir que o ABT suba os clocks acima dos 5.1GHz garantidos pela Intel. 

- Continua após a publicidade -

A implementação desse recurso deve dar um bom ganho em performance multi-thread para o Core i9-11900K e 11900KF, quesito que a concorrente AMD apresenta boa vantagem. Aliás, vale destacar que os Ryzen mais recentes usam um perfil de boost de frequências semelhante ao Adaptive Turbo Boost Technology da Intel.

A Intel afirmou que, assim como as outras tecnologias de turbo boost, o Adaptive Boost vai manter o processador operando dentro de suas especificações, o que não é considerado overclock, logo, nenhum usuário vai perder a garantia da fabricante por aproveitar do recurso.

Para usar o o ABT é necessário atualizar a BIOS e ativar a tecnologia manualmente no sistema da placa mãe.

Via: Guru3D, Tom's Hardware
Assuntos
  • Redator: Diego Amorim

    Diego Amorim

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.