Créditos: AMD

AMD confirma que não vai bloquear mineração em suas placas de vídeo

A empresa não quer decidir o que os usuário devem ou não fazer com suas GPUs
Por Diego Amorim 18/03/2021 17:02 | atualizado 18/03/2021 17:03 Comentários Reportar erro

Após a onda de notícias sobre o limitador de mineração da RTX 3060 implementado pela Nvidia, a gerente de produto da AMD, Nish Neelalojanan, confirmou ao site PC Gamer que a empresa não quer limitar o uso de suas placas de vídeo para nenhum usuário, e não vai bloquear a capacidade de suas GPUs para processos de mineração.

A empresa basicamente respondeu um claro e firme "não" para a possibilidade de limitarem a performance de suas placas de vídeo Radeon em Hash Rate, como fez a concorrente. Neelalojanan afirmou que as GPUs da empresa são voltadas para games, mas que eles não vão decidir o que o usuário deve ou não fazer com sua placa de vídeo.

"Toda nossa otimização, como sempre, terá os games como prioridade, e nós otimizamos tudo para games. Claramente os gamers vão tirar muito proveito disso, e não será o ideal para processos de mineração." - Nish Neelalojanan

A gerente de produto da AMD deu grande destaque para o fato que todo o desenvolvimento do RDNA2 é voltado para otimização em jogos, o que resulta em tecnologias como o Infinity Cache, que melhora o desempenho em games mas diminui a largura de banda das memórias, que é o principal fator que ajuda em operações de mineração.

Infinity Cache
Imagem: AMD

- Continua após a publicidade -

"(...) RDNA foi desenhado desde o começo para jogos e o RDNA2 ainda mais. E o que eu quero dizer por isso é que, O Infinity Cache e um barramento menor foram escolhidos cuidadosamente para atingir uma performance bem específica de games. No entanto, a mineração aproveita bem maiores larguras de banda em barramento, logo haverão limitações para mineração pela própria arquitetura- Nish Neelalojanan

"(...) RDNA foi desenhado desde o começo para jogos e o RDNA2 ainda mais. E o que eu quero dizer por isso é que, O Infinity Cache e um barramento menor foram escolhidos cuidadosamente para atingir uma performance bem específica de games. No entanto, a mineração aproveita bem maiores larguras de banda em barramento, logo haverão limitações para mineração pela própria arquitetura- Nish Neelalojanan

Dessa forma, os chips RDNA2 ainda entregam uma performance razoável em hash rate, mas as GPUs da Nvidia são mais buscadas por mineradores. A RX 6900 XT, por exemplo, alcança cerca de 54 MH/s enquanto a RTX 3090 alcança até 120 MH/s. 

Quando olhamos a Nvidia, o limitador implementado via driver na RTX 3060 que era supostamente inquebrável acabou sendo burlado por acidente pela própria empresa, que lançou uma versão de driver para desenvolvedores sem a restrição.

Isso deixa os mineradores completamente livres para usar qualquer placa que desejarem em suas fazendas de mineração. Mas em breve tanto a Nvidia quando a AMD devem lançar chips específicos para esses processos, o que pode (ou talvez não) mudar um pouco as condições do mercado.

Via: TechPowerUp Fonte: PC Gamer
Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Amorim

    Diego Amorim

Em jogos single-player como Resident Evil Village, você prefere:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.